Jojó oficializa chapa

Candidato à presidência da CBSurf, Jojó de Olivença anuncia chapa completa; Nelson Ferreira entra como vice.

0
Jojó de Olivença é um dos candidatos à eleição da CBSurf

Ex-integrante da elite mundial e dono de títulos brasileiros (1988 e 1992), o baiano Jojó de Olivença oficializou a sua chapa que vai concorrer à eleição para a nova diretoria da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), prevista para ocorrer em dezembro, em data ainda não confirmada.

Jojó já havia anunciado a candidatura no último mês de julho, mas sua chapa sofreu algumas mudanças com as saídas de Guilherme Pollastri e Geraldo Cavalcanti, que optaram por apoiar um novo grupo com Ricardo Bocão como candidato à presidência.

Com o desligamento de Pollastri, o novo candidato à vice-presidência na chapa de Jojó será o capixaba Nelson Ferreira, decacampeão capixaba, ex-presidente da Federação de Surf do Espirito Santo (FESURF) e um dos fundadores da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP).

A chapa segue com Luiz Henrique Campos “Pinga” (diretor de desenvolvimento e alto rendimento), Evandro Abreu (diretor de marketing), Marcelo Andrade (comissário / diretor de prova), Fred Leite (diretor institucional), Carlos Gianotti (diretor de desenvolvimento educacional) e Marcio Monteiro (diretor técnico).

Os novos reforços anunciados são Alexandre Beka (Diretor Jurídico), Karina Abras (Diretora de Surf Feminino), Juca de Barros (Diretor Regional Sul / Sudeste) e Armando Diniz (Diretor Regional Norte/Nordeste).

Nome influente na história do surfe capixaba, Nelson Ferreira é o novo vice-presidente da chapa.

Confira o comunicado emitido pela chapa de Jojó de Olivença:

“O Brasil é o terceiro maior mercado do surf no mundo, contudo está longe de ser um dos mais estruturados. E para mudar esta situação e trazer uma nova perspectiva de futuro para o esporte no Brasil que o baiano Jojó de Olivença, bicampeão brasileiro em 1988 e 1992, decidiu lançar sua candidatura e concorrer ao pleito que definirá o novo presidente da CBSurf, em data a ser agendada pela entidade.

E para potencializar a gestão de um dos esportes mais tradicionais no país, o ex-top do WCT Jojó de Olivença conta com o apoio de um seleto grupo de surfistas e profissionais ligados ao surf, composta por Luiz Henrique Campos “Pinga”, Marcelo Andrade, Evandro Abreu, Fred Leite, Carlos Gianotti e Marcio Monteiro.

Como ‘cabeça’ de chapa, ao lado de Jojó, está o decacampeão capixaba, ex-presidente da Federação de surf do Espirito Santo (FESURF) e fundador da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), Nelson Ferreira, que será o vice-presidente da chapa. “Este é um momento de reconstrução do surf no país e isso só será possível com uma gestão responsável e transparente, que terá a responsabilidade de organizar desde os processos e estruturas internas, até o gerenciamento e desenvolvimento das categorias de base visando garantir o futuro do esporte”, explica Jojó.

Outro nome de peso do grupo é o de Juca de Barros, Diretor Regional – Sul/ Sudeste, presidente da CBSurf de 2002 a 2009, considerada uma das melhores gestões da história da entidade. Época em que a entidade foi recebida pelo COB e Ministério do Esporte com o reconhecimento devido à organização administrativa e esportiva.

Projeto Surfa Brasil

O grupo já trabalha desde março para implementar ideias e projetos para o crescimento do surf, pensando na reestruturação e organização da entidade, otimização dos custos da CBSurf e padronizando a organização dos eventos realizados pela confederação.

No plano de gestão estão inclusos a formação e contratação de profissionais capacitados para o quadro interno da entidade, o estabelecimento de um plano de metas a curto, médio e longo prazo, projetos para reestruturação de todas as entidades ligadas à CBSurf e criação de um cadastro nacional de surf, para atletas, comissão técnica, dirigentes, treinadores, professor e indústria.

Existe ainda uma série de propostas especiais, como a criação de núcleos para jovens de 10 a 17 anos e de oportunidade de capacitação para ex-atletas em um plano pós-carreira. O grupo também está atento às necessidades de se desenvolver parcerias socioambientais com entidades como WWF, Parley, Projeto Tamar etc.

A ideia do Projeto Surfa Brasil é determinar projetos que possam intensificar as modalidades de surf feminino, stand-up paddle e longboard.

A chapa ainda possui propostas de realizar eventos como do amador ao profissional até o master, buscar parcerias privadas e receitas através da negociação de propriedades, criação de canais de comunicação efetivos, transmissão dos eventos nacionais e geração de conteúdo próprio.

Conheça os integrantes da chapa Projeto #SurfaBrasil

Jojó de Olivença – Presidente
Nelson Ferreira – Vice-Presidente
Luiz Henrique Campos “Pinga” – Diretor de Desenvolvimento e Alto Rendimento
Fred Leite – Diretor Institucional
Alexandre Beka – Diretor Jurídico
Carlos Gianotti – Diretor de Desenvolvimento Educacional
Evandro Abreu – Diretor de Marketing
Karina Abras – Diretora de Surf Feminino
Marcio Monteiro – Diretor Técnico
Marcelo Andrade – Diretor de Provas
Juca de Barros – Diretor Regional – Sul/Sudeste
Armando Diniz – Diretor Regional – Norte/Nordeste”

Foto de capa Fabriciano Jr. / Survive Photos