Phil vai de pranchão

Bicampeão de longboard, Phil Rajzman é um dos destaques do Paúba Super Tubos.

0
@swellnobrega
Phil Rajzman conhece os atalhos dos tubos de Paúba.

A terceira edição do Paúba Super Tubos foi confirmada para esta sexta-feira (20), na praia de Paúba, litoral norte paulista, e terá a participação de Phil Rajzman, bicampeão mundial de longboard.

O campeonato reúne 47 surfistas, de vários estados, nas categorias Open (pranchinha, longboard e SUP) e Bodyboard. “A previsão é de que as ondas não estejam muito grandes, mas as condições estarão perfeitas para esta sexta-feira”, relata Phil.

“Pude treinar com minhas pranchas novas e estou bem confiante”, completa o carioca, que terá a companhia da esposa Juli e da filha Coral, de apenas nove meses, na areia.  “Esse será o primeiro campeonato que vou participar desde o nascimento dela”, revela.

Desde que chegou ao Brasil, em 2019, Rajzman – que morava entre o Havaí e Califórnia – começou a fabricar suas próprias pranchas, o que têm beneficiado os seus treinamentos diários.

“Por conta da pandemia ficou inviável trazer as pranchas da Califórnia. Então, como já tenho know-how também nesta área, estou produzindo minhas pranchas. Isso está sendo uma ótima experiência e faz a diferença quando entro na água”, explica o atleta, que competirá na categoria Open.

“A grande questão é que estarei competindo de longboard e gosto deste desafio. Algumas pessoas acham que estou em desvantagem. Mas quando nos superamos e mostramos que é possível, fica tudo mais legal e competitivo”, ressalta Rajzman.

A janela do Paúba Super Tubos foi aberta em 10 outubro. Por causa da pandemia, o local do evento será restrito a competidores e staff, onde todos deverão seguir os protocolos como uso de máscaras e álcool em gel.

As baterias terão duração de 20 minutos e os atletas que conseguirem as 12 melhores somatórias garantem a vaga à semifinal. Quem não estiver entre os mais bem pontuados poderá participar de uma repescagem para competir pelas últimas duas vagas das semifinais.

Os seis atletas que se saírem melhor em cada categoria vão para a final, em uma bateria de 25 minutos. Vence quem tiver a melhor somatória. A premiação está prevista para as 14:30 horas. No ano passado, os campeões foram Gabriel Medina (Open) e Valdomiro Mirinho (Bodyboard).

Paúba Super Tubos 2020

Open

1 Felipe Freire, Paulo César “Caveira”, Márcio “Grillo”, Fabiano Lion, Samuel Pupo, João Chianca
2 Igor Moraes, Phi Neves, Tiago “Testinha”, Renan Pulga, Fernando Jr., Thiago Camarão
3 Phil Rajzman, Kauai Lobato, Pedro Tanaka, Robson Santos, Caio Costa, Pedro Dib
4 Jô Paiva, Lucas Chumbo, Kaique Fernando, Sidney Guimarães, Carlos Bahia, João Pedro Costa

Bodyboard

1 Renato Tamassato, Valdomiro Mirinho, Silvio Gibi, Carlos Cintra, Jhonie Alves, Maude Lisboa
2 Rodrigo Alexandre, Dudu Pedra, Eduardo Barros, Joe Aranha, Bruno Rocha, Amauri Reimberg
3 Renan Facini, Vonley Sancheta, Guteba, Thiago Jacob, Ronald Lima, Guilhermo Lopes
4 Badú, Argel Lisboa, Adilson Jr., Glauco Rissato, Fábio Assis, Paulo Fleury