Federação emite nota

SPSurf emite nota de esclarecimento sobre a participação de associações não filiadas nos eventos da entidade.

0
Logo da recém-criada SPSurf.

Com dois eventos no calendário para o final desta temporada, a recém-criada Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf) emitiu uma nota de esclarecimento em relação à participação dos atletas das associações de Ubatuba, Guarujá e Mongaguá nos campeonatos realizados pela entidade. Confira abaixo na íntegra:

“Para as associações de Ubatuba, Guarujá e Mongaguá, que tiveram a oportunidade de filiar-se à Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf), em março de 2020, em uma Assembleia Geral, sendo que Ubatuba participou de duas assembleias, neste período, mostrando a intenção em filiar-se, e não o fizeram, e quando não existe filiação que é regra da SPSurf, a associação não é reconhecida, impossibilitando os atletas de participarem representando suas cidades nos eventos realizados pela Federação.

A próxima assembleia da SPSurf será realizada em Janeiro de 2021, e essas três associações terão novamente a oportunidade de se filiarem, tornando possível que os atletas das mesmas tenham a possibilidade de participarem dos eventos representando essas associações.

A SPSurf, visando não prejudicar os atletas por decisões equivocadas de suas associações que não se filiaram quando tiveram a oportunidade, convidará alguns dos melhores atletas desses municípios a participar representando à Federação de Surf do Estado de São Paulo, através de seus resultados em competições, do 1º Campeonato Estadual de base que será realizado dias 2 a 3 de dezembro 2020 em Camburi, onde serão consagrados os campeões estaduais reconhecidos pelo Governo do Estado de São Paulo.

Para o 1º Campeonato de Clubes nos dias 30 e 1 de dezembro 2020, serão convidados atletas das três associações não filiadas, que representarão a Federação de Surf do Estado de São Paulo e serão escolhidos sob critério da diretoria da SPSurf.

O Estado de São Paulo tem 15 associações municipais, das quais 12 se filiaram à SPSurf, nas assembleias que foram realizadas no início do ano de 2020.

A Federação aconselha os atletas que sejam mais participativos na eleição da diretoria e decisões de suas associações, que é um direito e um dever dos surfistas, para não se prejudicarem por suas escolhas ou ausência delas.

A união entre os surfistas e o reconhecimento do seu valor fazem a força e criam melhores condições para o esporte e oportunidades para os atletas.”