Rio Mearim

Pororoca na Superlua

Serginho Laus e Pablo Vaz desbravam a pororoca do Rio Mearim (MA) na chegada da Superlua Rosa.

0
Serginho Laus é especialista no surfe em pororocas.

“No meio do rio é onde me sinto em casa”, afirma o paranaense Serginho Laus, um especialista em pororoca e duas vezes recordista mundial de maior onda surfada por mais tempo pelo Guinness Book. O surfista retornou ontem à Santa Catarina após mais uma surfe trip irada no Rio Mearim (MA).

Desta vez, ele convidou seu antigo companheiro de pororocas, o fotógrafo Pablo Vaz. Eles foram atrás do fenômeno natural caracterizado por grandes e violentas ondas que são formadas a partir do encontro das águas do mar com as do rio e são mais fortes durante a lua cheia e a lua nova.

Serginho Laus aproveitou a chegada da Superlua Rosa e colocou o pé na estrada para desbravar a pororoca maranhense. Há mais de 20 anos, ele procura nos rios ondas longas, perfeitas e já soma ao seu currículo lugares como a pororoca chinesa e as águas geladas do Alaska.

Aqui no Brasil, uma das pororocas mais conhecidas é a que acontece no Maranhão. A dupla seguiu para Arari, a duas horas e meia da capital São Luís. A busca pela onda começou cedo, lá pelas 3 horas da manhã e foi até as pernas cansarem.

O jet-ski levou Serginho e Pablo até o meio do rio e lá eles esperaram o momento certo do fenômeno da natureza. No Rio Mearim, conta a dupla, a gravidade da Superlua Rosa influenciou tanto a maré que o nível da água subiu quase sete metros acima do normal e fez a pororoca maranhense crescer ainda três dias depois que a lua mudou de fase, o que deu aos aventureiros cinco dias de diversão e condições incríveis para o surfe com ondas longas e perfeitas.

Além de registrar tudo, o fotógrafo Pablo Vaz também surfou a pororoca. “Presenciar a pororoca é se conectar intensamente com a mãe terra e tudo que nela existe. É um resgate de quem somos. Ver um rio calmo e liso se transformar em um mar revolto, com longas ondas é incrível, rejuvenescedor e imperdível”, exalta.

Acompanhe o trabalho do fotógrafo Pablo Vaz em seu Instagram, @pablovaz.

Superlua Rosa

A Superlua Rosa é um fenômeno que acontece quando a Lua está cheia exatamente no ponto de sua órbita em que está mais próxima da Terra. Isso faz com que ela pareça um pouco maior no céu, especialmente quando vista em contraste com objetos no horizonte como árvores e prédios.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Serginho Laus (@serginholaus79)