Nakamakai é a boa

Phil Rajzman mergulha nas tradições havaianas através do projeto social Nakamakai.

0
Projeto acontece mensalmente em diferentes praias da ilha de Oahu.

Fala galera! Cheguei no Havaí e estou vivendo mais uma temporada intensa! Já rolou Waimea, Backdoor Shootout, encontro da galera e muito surfe, mas um dos momentos mais irados que vivi até agora foi participar do Nakamakai.

O Nakamakai é um projeto social que acontece mensalmente em diferentes praias da ilha de Oahu, idealizado pelo waterman e campeão mundial de longboard, Duane DeSoto. A ideia é promover o primeiro contato das crianças com o mar e aprofundar o conhecimento sobre o oceano e a cultura havaiana.

Pode parecer estranho, mas é isso mesmo. No Havaí, apesar de a cultura do surfe ser muito forte, muitas famílias têm medo do mar porque já tiveram acidentes com familiares próximos ou com amigos. Essa experiência negativa, acaba fazendo com que muitas famílias não deixem as crianças irem à praia.

Ideia é promover o primeiro contato das crianças com o mar e aprofundar o conhecimento sobre o oceano e a cultura havaiana.

Por outro lado, existe uma curiosidade muito grande e a necessidade de preparar as crianças para este primeiro encontro, principalmente porque o mar faz parte da vida de todos no Havaí. Por isso, os pais inscrevem os filhos neste projeto, que completou 10 anos e tem a missão de disseminar a cultura do surfe e do mar.

O evento tem inicio às 8 horas da manhã e, ao longo do dia, recebe várias turmas de crianças. Cada turma passa por uma aula teórica, que se divide em três etapas. A primeira trabalha a consciência ambiental das crianças, abordando temas como o lixo nos oceanos.

A segunda tenda explica sobre as placas informativas nas praias e como funcionam as correntes. E a terceira tenda ensina as crianças sobre localização através das estrelas, método de navegação usado pelos antigos polinésios. O último estágio é o contato com o mar, que dura em média 15 minutos.

Alegria estampada no rosto.

Dependendo da vontade da criança, acaba rolando um surfe também, além da remada. Eu tive a oportunidade de participar pela oitava vez deste projeto que admiro muito e aproveitei para surfar com as crianças. Algumas nunca tinham entrado no mar. Foi emocionante.

Além de estimular o convívio com o oceano, o Nakamakai tem um outro propósito: divulgar a cultura havaiana. O Duane tem oito filhos que participam das aulas e uma família tradicional que preservou as raízes havaianas, como o idioma nativo. Poucas famílias locais falam havaiano com fluência, principalmente entre as crianças. A família de Duane é uma das guardiãs dessa riqueza e seus filhos já estão seguindo a mesma trilha.

No projeto, as crianças têm a oportunidade de aprender também o significado de várias palavras em havaiano e são estimuladas a preservarem a cultura de seus ancestrais.

É uma ação que dura apenas uma hora (para cada turma), mas consegue mudar a vida das crianças e de suas famílias, através do conhecimento sobre o mar e sobre sua própria cultura!

O projeto é aberto, acontece sempre no segundo domingo do mês e qualquer criança pode se inscrever e participar quantas vezes quiser. Fica a dica pra quem vai pra Oahu com a família. Vale muito a pena!

As inscrições podem ser feitas através do Instagram @nakamakai. Em breve volto com mais novidades da temporada havaiana!