Floripa

Chapa quente em Naufragados

Filme exibe swell épico em Naufragados (SC), numa session com grandes nomes do esporte.

0

Tivemos tantas imagens iradas nesta session que foi difícil de deixar boa parte do material de fora e o resultado final foi um filme de surfe. Mostraremos como foi a produção da nossa equipe durante um dia épico de surfe na Praia de Naufragados (SC).

Na semana passada um swell de ciclone atingiu boa parte da costa Sul e Sudeste, com rajadas de até 50 km/h de vento Sul durante toda a terça-feira (21). Tudo indicava uma forte e consistente ondulação de Sul encostando no litoral.

Na quarta-feira as ondas alcançavam os 2 metros, mas o vento ainda estava rasgando de maral. Os sites de previsões de ondas apontavam que o vento mudaria para o quadrante Norte no dia seguinte e a ondulação ganharia ainda mais pressão. Condições ideais para quebrar Naufragados, aquela direita que parece perfeita como nos filmes de surfe.

Na quinta-feira de manhã, recebemos o boletim de que as condições estavam muito desafiadoras, até mesmo para os mais graduados.

Desta vez não foi um swell gigantesco, o que não quer dizer que a onda perdeu seu poder de deglutir um surfista e sua prancha como um ser humano mastiga uma paçoca no lanche da tarde.

Com séries de até 12 pés (3,3 metros), o dia foi de muitos tubos, altas vacas, perrengues e muito “faixa preta” puxando o bico. Essa onda exige muito respeito.

Chegamos na praia por volta do meio-dia e havia um crowd de profissionais com muita experiência. Dentre eles, o campeão olímpico Italo Ferreira, que já havia terminado sua session. Outros graduados como Paulo Moura, Gustavo Schlickmann, Luan Wood, Marcio Farney e Marcelo Trekinho também surfaram.

O grande destaque na sessão novamente ficou para o surfista Júlio Terres, que chamou uma das direitas mais cascudas do Brasil para dançar em frente as pedras. Tubos seguidos de manobras fizeram a alegria dos fotógrafos e filmmakers presentes.

As imagens do filme são de Douglas Cominski (@dcominski), Guto Penteado (@gutopenteado) e Igor Zanin (@igorzanin_).

O vídeo foi publicado no canal Shot Spot.