Tom Curren

Saída à mexicana

Tom Curren exibe os seus dias de isolamento nas direitas clássicas de Salina Cruz.

0

No início de 2020, enquanto o mundo lidava com a chegada da pandemia de Covid-19, a Rip Curl recebeu a notícia de que Tom Curren partiria para o México com o velho amigo Buggs Arico.

O objetivo era surfar e fugir dos dias caóticos que estavam prestes a se desenrolar nos EUA. Doença, tumultos, protestos – um misto quente de mudança, emoções e confusão. Como de costume, Tom buscou no oceano uma forma de compreender melhor o mundo ao seu redor.

Em solo mexicano, Tom e Buggs ganharam a companhia do fotógrafo australiano Andy Potts, que seria o responsável por clicar os momentos mágicos pelas próximas seis semanas – embora ali ninguém mais estivesse contando os dias.

Buggs possui o Punta Conejo Resort, ao sul da fronteira com os EUA, um local que provou ser o esconderijo ideal. Surfar e fazer música eram as únicas preocupações, enquanto o mundo entrava em uma loucura sem precedentes.

Tom trabalhou bastante no seu quiver durante a viagem, desenhando quilhas alternativas e surfando com muito estilo nos foguetes feitos sob medida pela Channel Islands. O tricampeão mundial também tocou muita música, inclusive algumas que aparecem no clipe acima.

Com direção de Vaughan Blakey e Nick Pollet, imagens de Andy Potts e produção da Rip Curl, o clipe “Free Scrubber” é o resultado desta sintonia perfeita entre Tom Curren e as direitas de Salina Cruz.