Falésia cede em Pipa

Três pessoas morrem depois de desmoronamento de falésia na Praia de Pipa (RN).

0
Reprodução / Corpo de Bombeiros
Moradores retiram os escombros na tentativa de resgatar as vítimas.

Três pessoas morreram na manhã da última terça-feira (17) depois do desmoronamento de uma falésia na Praia do Centro, região central de Pipa (RN).

Segundo a Polícia Militar, as vítimas eram um casal e uma criança de apenas sete meses, todos da mesma família. Eles estavam sob o local no momento do incidente, que aconteceu por volta das 11 horas.

As causas ainda estão sendo investigadas, mas a prefeitura de Tibau do Sul afirma que o deslizamento pode ter sido causado pela maré alta que atingiu as praias naquela madrugada, alcançando o pé das falésias.

Uma das vítimas era o paulista de Jundiaí, Hugo Mendes Pereira, 32 anos, que mudou-se para Tibau do Sul em 2018 e possuía uma pousada em Pipa. Sua companheira, a potiguar Stela Souza, 33, e o bebê de sete meses do casal foram as outras vítimas.

Antes da chegada do Corpo de Bombeiros, pessoas que estavam próximas ao local ainda tentaram resgatar as vítimas usando pás e as próprias mãos.

Ainda existe o risco de novos desabamentos, e a área foi interditada, tanto na praia quanto no alto da falésia.