ICMBio extingue bases

ICMBio fecha bases avançadas do Projeto Tamar em Camaçari (BA), Parnamirim (RN) e Pirambu (SE).

0
Projeto Tamar é reconhecido internacionalmente no trabalho de preservação das tartarugas marinhas.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) extinguiu a base avançada do Projeto Tamar, que fica na praia de Arembepe, na cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. A decisão foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (28).

De acordo com informações do Diário Oficial, as bases avançadas de Parnamirim, que fica no Rio Grande do Norte, e Pirambu, que fica no Sergipe, também foram extintas. O ICMBio também formalizou a criação de uma nova base avançada do Tamar, em Salvador.

A decisão também informa que a base avançada do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Nordeste, que fica em Caravelas, no sul da Bahia, vai ser a base avançada do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação das Tartarugas Marinhas e da Biodiversidade Marinha do Leste.

A portaria entra em vigor no dia 1° de julho. A situação dos servidores das bases de Salvador e Caravelas será regularizada pela Coordenação Geral de Gestão de Pessoas (CGGP) no prazo de 180 dias, ouvidas as respectivas Coordenações dos Centros e a Diretoria de vinculação.

Em nota oficial enviada à imprensa, o Ministério do Meio Ambiente confirmou o fechamento das bases do Tamar, o que, segundo a pasta, já tinham proposta de encerramento de suas atividades desde o ano passado, por não contarem mais com servidores que realizassem as atividades.

O objetivo com o fechamento seria a “melhor alocação de recursos com a consequente potencialização das atividades finalísticas desempenhadas na Conservação da Biodiversidade, cujas atividades estão atreladas aos projetos de pesquisa dispostos nos planos de trabalho específicos a cada uma delas”.

A portaria teria o objetivo de atualizar os endereços dos centros de pesquisa e bases avançadas do ICMBIO.

Fonte G1