Prefeitos pedem bloqueio

Prefeitos da Baixada Santista assinam ofício pedindo que governo de São Paulo feche estradas com acesso à região.

0
Canto da Ilha Porchat, São Vicente.

Nove prefeitos da Baixada Santista enviaram na última sexta-feira (1º) um ofício ao governador de São Paulo, João Doria, pedindo o bloqueio das estradas para o litoral, liberando o acesso apenas para moradores e pessoas que trabalham em serviços essenciais da região.

Os gestores, reunidos no Condesb (Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista), também pedem que o estado solicite à Ecovias, concessionárias das estradas, que não realize mais a operação 7×2 de descida para o litoral (sete pistas das rodovias Anchieta e Imigrantes descem e duas sobem, ou o contrário, dependendo da demanda).

O órgão diz que medida é necessária para tentar impedir o avanço das contaminações pelo novo coronavírus no litoral – segundo o ofício, as UTIs da Baixada Santista já têm 80% dos leitos ocupados.

Assinam o ofício Paulo Alexandre Barbosa (Santos), Valter Suman (Guarujá), Pedro Gouvêa (São Vicente), Luiz Maurício Pereira (Peruíbe), Marco Aurélio Gomes (Itanhaém), Ademário Oliveira (Cubatão), Caio Matheus (Bertioga), Marcio Melo Gomes (Mongaguá), Alberto Mourão (Praia Grande).

“Quarentena não é férias e é preciso garantir o distanciamento das pessoas assintomáticas, principalmente, quando temos um grande nível de moradores no grupo de risco, um elevado número da população da Baixada Santista com mais de 60 anos”, afirmam.

Fonte UOL