Sisstrevolution Pro

Sally dá as cartas

Sally Fitzgibbons comanda as ações do primeiro dia do QS 3.000 feminino em Avoca Beach, Austrália. Entre os homens, brasileiro Nathan Kawani faz bonito e garante vaga na quarta fase.

0
Sally Fitzgibbons comemora o retorno das competições à Austrália.WSL / Steve Robertson
Sally Fitzgibbons comemora o retorno das competições à Austrália.

Etapa do QS 3.000 feminino, o Sisstrevolution Central Coast Pro deu a largada nesta quarta-feira (3) em Avoca Beach, New South Wales, Austrália.

Com três notas acima de 8.00 pontos e muita pressão nas manobras, a Top da elite mundial Sally Fitzgibbons foi o grande destaque do dia e garantiu vaga na segunda fase.

“É muito empolgante para nós agora que temos alguma certeza sobre os eventos que teremos pela frente. Me sinto realmente preparada para isso”, diz a australiana, que passou pelas compatriotas Jasmine Sampson (2ª) e Jesse Starling (3ª) na primeira fase.

“O CT e as Olimpíadas são meus grandes objetivos este ano e, particularmente, esses eventos em beach break são bons para minha preparação, porque é isso que vamos enfrentar no Japão. Também gosto muito de ver o talento emergente australiano em ação”, completa Sally.

Em boas ondas em Avoca Beach, a brasileira Anne dos Santos também conseguiu carimbar seu passaporte ao segundo round ao ficar em segundo na bateria vencida pela aussie Molly Picklum.

Radicada na Austrália, ela é a única representante do Brasil entre as mulheres e terá pela frente a própria Sally, além de Cedar Leigh-Jones, Sophie Fletcher e Jasmine Sampson no round 32.

No masculino, foram realizadas apenas oito baterias nesta quarta. Na primeira disputa do dia, o brasileiro Nathan Kawani fez bonito e garantiu vaga na quarta fase ao superar os australianos Max Kearney (2º), Alex McGuffin (3º) e Jasper Welsh (4º).

Além de Kawani, Wesley Renato Ayres é outro representante brasileiro que já havia garantido seu lugar na quarta fase. Neste round, estreiam os principais cabeças de chave da prova como Owen Wright e Julian Wilson.

O Vissla Central Coast Pro e o Sisstrevolution Central Coast Pro são transmitidos ao vivo pelo site da WSL.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Nathan Kawani (@nathankawani)