Wiggolly no foco

Competindo em casa, Wiggolly Dantas vai em busca de um grande resultado no CBSurf Pro Tour em Ubatuba (SP).

0
Wiggolly Dantas é um dos nomes fortes do CBSurf Pro Tour.

Mais um grande nome que já representou o Brasil na elite do surfe mundial é destaque confirmado no CBSurf Pro Tour, em Ubatuba, litoral norte paulista. Wiggolly Dantas compete em casa e mostra animação na retomada dos campeonatos oficiais no País. As disputas estão confirmadas de terça-feira a quinta-feira (27 a 29), na Praia Grande, reunindo 144 surfistas, de 12 estados, e R$ 80 mil de premiação.

Guigui, como é bem conhecido, está feliz em competir em sua cidade. “A expectativa é muito boa em colocar novamente a lycra de competição, ainda mais no quintal de casa. Estou bem focado, treinando bastante, me preparando para ir para o Havaí, e estou amarradão de ter um evento grande aqui”, diz o atleta.

No início deste ano Wiggolly Dantas vinha num ritmo fantástico. Venceu o Volcom Pipe Pro, nas emblemáticas ondas de Pipeline, no Havaí, e depois foi semifinalista no Hang Loose Pro Contest, em Fernando de Noronha, abrindo caminho para o seu retorno ao Championship Tour (CT). Mas veio a pandemia de coronavírus e tudo parou.

Agora, com o retorno das disputas, ele espera recuperar seu bom momento. Já mostrou isso com a vitória no Surf Treino Itamambuca, que sua família realizou para movimentar os atletas em setembro.

“Vai ser um campeonato de alto nível, muita gente boa”, elogia Guigui, lembrando que a família também estará bem representada com seus irmão, Weslley Dantas, que já foi campeão mundial júnior, pela International Surfing Association (ISA), e Suelen Naraísa, sem dúvida, uma das mais experientes na categoria feminina.

Vale lembrar que Wiggolly tem uma longa história com a Confederação Brasileira de Surf, com três títulos nacionais em sua trajetória como amador. Foi campeão Sub 14 em 2003, depois Sub 16 em 2005 e open no ano seguinte. Na elite mundial, o surfista de 30 anos competiu de 2015 a 2017, com os dois importantes resultados, ocupava a sexta posição, o melhor brasileiro, provisoriamente classificado para retornar ao Championship Tour (CT).

Eles deverão seguir, rigorosamente, os protocolos de segurança divulgados antes do ato de inscrição, como a obrigatoriedade do uso de máscaras e o distanciamento social nas áreas próximas ao palanque, sob pena de desclassificação do evento, em caso de não cumprimento das medidas definidas.

Todas as disputas serão transmitidas ao vivo pelo site da Federação Paulista de Surf, com imagens das ondas surfadas, notas dos juízes e a mesma locução que os atletas estarão ouvindo. Há, ainda, a possibilidade de interação com o evento, por mensagens de texto. As baterias estão disponíveis aqui.