Primeiro campeão mundial?

Historiador tenta provar que o peruano Felipe Pomar (e não o aussie Midget Farrelly) é o primeiro campeão mundial de surfe da história.

0
Felipe Pomar faturou competição organizada pela extinta ISF, no ano de 1965, em Punta Rocas, Peru.

O antropólogo e historiador Sergio Huarcaya quer corrigir a história e colocar o peruano Felipe Pomar como o primeiro campeão mundial de surfe.

Através do projeto “Retificando a história do surfe: o Peru na história das competições mundiais”, Huarcaya busca provar que o primeiro campeonato mundial oficial de surfe ocorreu em Punta Rocas, Peru, no ano de 1965.

Até hoje, os dados aceitos pela International Surfing Association (ISA), apontam que o primeiro campeonato mundial aconteceu um ano antes, em 1964, em Manly, Austrália. Na ocasião, o vencedor foi o lendário aussie Bernard “Midget” Farrelly.

No entanto, de acordo com o historiador, o campeonato de 1964 foi organizado pela Australian Surfriders Association e não poderia ser considerado um evento de proporções mundiais, apesar de também ter recebido atletas de vários países.

Neste cenário, o primeiro evento mundial, organizado pela extinta International Surfing Federation (atual ISA), seria o campeonato de 1965 em Punta Rocas, Peru, que foi vencido pelo atleta da casa Felipe Pomar.

Tanto Huarcaya como Pomar – que aos 77 anos também apoia o projeto – afirmam que a história é diferente da versão atual e está disponível para todos no grupo do Facebook “Peru Surf Historia en el Mundo“, que explica:

“O objetivo deste projeto é retificar a história do surfe, analisando o processo histórico a partir de documentos e entrevistas originais, e demonstrar de forma confiável que o primeiro campeonato mundial não foi em 1964 na Austrália, mas em 1965 no Peru”, diz o texto.

“O que diferencia um campeonato mundial oficial de um não-oficial é a existência de uma organização internacional, que estabelece regras e critérios para organizar a competição e garantir uma participação equitativa. Essa organização internacional ainda não existia quando o campeonato de 1964 foi realizado na Austrália”, continua a página.

Fundador da extinta International Surfing Federation (ISF) e uma das maiores lendas do esporte peruano, Eduardo Arena faleceu no final de 2019, aos 92 anos, mas anos antes chegou a declarar que realmente o primeiro campeonato mundial organizado pela entidade foi em fevereiro de 1965 em Punta Rocas.

“A primeira competição mundial governada por uma organização internacional ocorreu em Punta Rocas, em fevereiro de 1965, e o vencedor foi o peruano Felipe Pomar. Este campeonato foi o primeiro organizado pela International Surfing Federation (ISF), que precedeu a ISA, e foi fundada pelos representantes dos principais países em que o surfe era praticado, presentes na competição de Manly Beach, na Austrália, em 1964”, disse Arena.

“Reunidos durante o evento, eles concordaram que havia chegado a hora de formar uma federação internacional para governar e organizar campeonatos mundiais de surfe reconhecidos como oficiais, com verdadeiros campeões mundiais”, declarou.

Com esse objetivo, Huarcaya decidiu apostar na criação de um documento convincente para demonstrar o seu lado da história. Para isso, ele apresentará a ideia ao Ministério da Cultura peruano, buscando também apoio para financiar o projeto.

Fonte Olas Peru