Keala leva o cheque

Keala Kennelly fatura o prêmio de Pior Vaca do Ano do Big Wave Awards 2020.

0

A havaiana Keala Kennelly foi a escolhida pelo público e levou o prêmio de pior “wipeout” do ano no Red Bull Big Wave Awards de 2020.

A vaca tomada em Jaws, Maui, Havaí, e registrada por Carlo Carbajal no dia 12 de dezembro de 2019, rendeu à atleta o cheque de US$ 5 mil.

O brasileiro Felipe Cesarano era um dos candidatos ao prêmio com um tremendo caldo em Nazaré, Portugal.

Ao longo das próximas cinco semanas, também serão premiados os surfistas que mais se destacaram nas categorias Melhor Onda, Maior Onda, Maior Onda na Remada e Performance do Ano.

Indicados para o Red Bull Big Wave Awards 2020:

Maior Onda na Remada

Os vencedores serão divulgados no dia 3 de agosto, às 19h, no WSL World Surf Weekly. Os prêmios de maior onda surfada na remada, sem auxílio do jet-ski, vão para os surfistas das categorias masculina e feminina que surfarem a maior onda do ano com sucesso.

Masculino:

– Russell Bierke (Ulladulla, Austrália) em Jaws, Havaí, em 12 de dezembro de 2020. (Fotos de Erik Aeder, Adam Carbajal, Aaron Lynton e Keoki Saguibo. Vídeo de Marcus Rodrigues)
– Nathan Florence (Haleiwa, Havaí) em Jaws, Havaí, em 12 de dezembro de 2020. (Fotos de Erik Aeder, Marco Arellano, Richard Hallman, Aaron Lynton e Keoki Saguibo. Vídeo de Carlo Carbajal)
– Billy Kemper (Haiku, Havaí) em Jaws, Havaí, em 12 de dezembro de 2020. (Fotos de Marco Arellano, Dooma Photos – Richard Hallman, Aaron Lynton e Keoki Saguibo. Vídeo da equipe de vídeo da WSL)
– Eli Olson (Haleiwa, Havaí) em Jaws, Havaí, em 12 de dezembro de 2020. (Fotos de Erik Aeder, Marco Arellano, Aaron Lynton e Cait Miers. Vídeo da equipe de vídeo da WSL)
– Ian Walsh (Kuau, Havaí) em Jaws, Havaí, em 12 de dezembro de 2020. (Amanda Beenen-Cantor, Martin Caprile, Mendo Dornellas, Aaron Lynton e Luana Teixeria. Vídeo da equipe de vídeo da WSL)

Feminino:

– Paige Alms (Haiku, Havaí) em Jaws, Havaí, em 12 de dezembro de 2020. (Fotos de Marco Arellano, Amanda Beenen-Cantor, Sofie Louca, Aaron Lynton e Cait Miers. Vídeo da equipe de vídeo da WSL)
– Paige Alms (Haiku, Havaí) em Jaws, Havaí, em 15 de novembro de 2019. (Foto de Aaron Lynton. Vídeo de Marcus Rodrigues)
– Felicity Palmateer (Burleigh Heads, Austrália) em Jaws, Havaí, em 12 de dezembro de 2020. (Fotos de Erik Aeder, Noah Andrews, Adam Carbajal, Aaron Lynton e Cait Miers. Vídeo de Carlo Carbajal)

Performance do Ano:

Os vencedores serão anunciados no dia 10 de agosto, às 19h, no WSL World Surf Weekly. Os prêmios de Melhor Performance do Ano vão para as ondas mais bem surfadas e capturadas em vídeo ou foto ao longo dos últimos 12 meses (até o dia 20 de março).

Masculino:

– Lucas Chianca (Rio de Janeiro, Brasil)
– Grant Baker (Durban, África do Sul)
– Russell Bierke (New South Wales, Austrália)
– Nathan Florence (Havaí, EUA)
– Billy Kemper (Havaí, EUA)
– Kai Lenny (Havaí, EUA)
– Tom Lowe (Cornwall, Reino Unido)
– Eli Olson (Havaí, EUA)
– Nic Von Rupp (Sintra, Portugal)
– Ian Walsh (Havaí, EUA)

Feminino:

– Maya Gabeira (Rio de Janeiro, Brasil)
– Michaela Fregonese (Paraná, Brasil)
– Paige Alms (Havaí, EUA)
– Justine Dupont (Seignosse, França)
– Felicity Palmateer (Queensland, Austrália)

Maior Onda cbdMD XXL

Os vencedores serão anunciados no dia 17 de agosto, às 19h, no WSL World Surf Weekly. O prêmio Maior Onda cbdMD XXL vai para os surfistas que completaram a maior onda do ano, na remada ou com assistência de jet-ski.

Masculino:

– Lucas Chianca (Rio de Janeiro, Brasil) em Nazaré, Portugal em 17 de fevereiro de 2020. (Foto de Helio Antonio. Vídeo de Nuno Dias)
– Kai Lenny (Maui Hawaii) em Jaws, Havaí, em 31 de dezembro de 2019. (Vídeo de Marcus Rodrigues)
– Kai Lenny (Maui Havaí) numa esquerda em Nazaré, Portugal, em 11 de fevereiro de 2020. (Fotos de Helio Antonio, Pedro Cruz, Vitor Estrelinha e Brady Lawrence. Vídeo de Johnny Decesare)
– Kai Lenny (Maui Havaí) numa direita em Nazaré, Portugal, em 11 de fevereiro de 2020. (Fotos de André Botelho. Vídeo de Laurent Pujol)
– Sebastian Steudtner (Alemanha) em Nazaré, Portugal, em 11 de fevereiro de 2020. (Fotos de Helio Antonio. Pedro Cruz e Laurent Masurel. Vídeo da equipe de vídeo da WSL.)

Feminino:

– Maya Gabeira (Rio de Janeiro, Brasil) em Nazaré, Portugal, em 11 de fevereiro de 2020. (Fotos de Helio Antonio, Pedro Cruz e Damien Poullenot. Vídeo de Pedro Miranda)
– Justine Dupont (Seignosse, France) em Nazaré, Portugal em 13 de novembro de 2019. (Fotos de Maria Fernanda e Rafael Riancho. Vídeo de Pedro Miranda)
– Justine Dupont (Seignosse, França) em Nazaré, Portugal, em 11 de fevereiro de 2020. (Fotos de Helio Antonio, André Botelho, Vitor Estrelinha e Laurent Masurel. Vídeo de Antoine Chicoye)

Melhor Onda do Ano:

Os vencedores serão anunciados no dia 24 de agosto, às 19h, no WSL World Surf Weekly. A Melhor Onda do Ano é a categoria principal do Big Wave Awards e é concedido aos surfistas que demonstraram o nível mais avançado e comprometido do surfe de ondas grandes, conforme julgamento pelas imagens de vídeo disponíveis. Embora a altura bruta da onda seja levada em consideração, em última análise, é premiado o nível de desempenho.

Masculino:

– Russell Bierke (Ulladulla, NSW, Austrália) em Jaws, Maui, Havaí, em 12 de dezembro de 2019. (Vídeo de Carlo Carbajal)
– Billy Kemper (Haiku, Havaí, EUA) em Jaws, Maui, Havaí, em 23 de janeiro de 2020. (Vídeo de Are Frapwell)
– Kai Lenny (Paia, Havaí) em Jaws, Maui, Havaí, em 25 de janeiro de 2020. (Vídeo de Johnny Decesare)
– Tom Lowe (Cornwall, Reino Unido) em Mullaghmore Head, Irlanda em 14 de janeiro de 2020. (Vídeo de Oliver Hegarty)
– Eli Olson (Haleiwa, Havaí, EUA) em Jaws, Maui, Havaí, em 12 de dezembro de 2019. (Vídeo de Tomo McPherson)

Feminino:

– Michaela Fregonese (Paraná, Brasil) em Jaws, Maui, Havaí, em 31 de dezembro de 2019. (Vídeo de Adam Carbajal)
– Paige Alms (Haiku, Havaí, EUA) em Jaws, Maui, Havaí em 15 de novembro de 2019. (Vídeo de Elliot Leboe)
– Justine Dupont (Segnoisse, França) em Nazaré, Portugal em 11 de fevereiro de 2019. (Vídeo de Laurent Pujol.)