Baía de Guanabara

Besta para a história

Big riders fazem sessão histórica na Laje da Besta (RJ), uma das maiores e mais raras ondas do Brasil.

0

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por RENAN VIGNOLI 🎞⚡ (@renanvignoli)

Um swell histórico alterou a paisagem de um dos cartões postais mais famosos do Rio de Janeiro (RJ). Localizada em plena Baía de Guanabara, a Laje da Besta despertou com ondas que chegaram a 5 metros. Os big riders cariocas fizeram vigília e botaram para baixo naquela que é considerada uma das maiores e mais raras ondas do Brasil.

Entre os surfistas que encararam as sessões na quarta e quinta (21, 22) estavam nomes como Lucas Chumbo, Caio Vaz, Pedro Scooby, Carlos Burle, Ian Cosenza, Lucas Medeiros, Michelle des Bouillons e Alemão de Maresias.

Na quarta-feira (21), Pedro Scooby acredita ter surfado a maior onda que já pegou no Brasil. “Estava gigante para nível Brasil. E a gente pegou altas ondas, foi incrível. O time todo tava lá. Foi demais. Na Baía de Guanabara, né? Embaixo do Pão de Açúcar, bom demais. Acho que foi a maior onda que já peguei no Brasil”, relata Scooby.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pedro Scooby (@pedroscooby)

Presente na mesma sessão, experiente big rider Alemão de Maresias falou sobre os desafios para dominar a onda. “Hoje a Baía de Guanabara mostrou a sua força. Exigindo muito da equipe em vários fatores, desde a navegação para chegar até a onda, estrutura e logística e muito condicionamento físico para poder desafiar uma das maiores ondas do Brasil”, publica.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Alemão de Maresias (@alemaodemaresias)

Na quinta-feira (22), Caio Vaz se tacou nas bombas durante a manhã e ainda teve disposição para mais uma sessão à tarde. “Quando parecia que o dia ja tinha terminado, voltamos para a Besta no final de tarde e simplesmente a cobra estava fumando! Que session, que dia!”, comemora o atleta.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Caio Vaz (@caiogebaravaz)

Outro grande destaque foi a big rider Michelle des Bouillons, que se tornou a primeira mulher a surfar as raras ondas do local. “Hoje foi emocionante! Desbravei mais uma onda temida nesse mundão, e dessa vez foi no meio dos cartões postais mais lindos da nossa cidade maravilhosa”, diz.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por MICHELLE DES BOUILLONS (@michedb)

O surfe na Laje ganhou grande repercussão na mídia local, sendo veiculado em diversos programas de televisão e também em site de notícias do Rio.

Foto de capa Renan Vignoli (@renanvignoli).