Sonhos adiados

Ministro indonésio afirma que país só deve reabrir as fronteiras para turistas internacionais a partir de 2021.

0
Fred Pompermayer
Plano do governo de Bali era reabrir a ilha no próximo dia 11 de setembro.

Os planos de Bali de reabrir o turismo para visitantes de outros países no dia 11 de setembro parecem terem sido rejeitados pelas autoridades centrais do governo indonésio em Jacarta, de acordo com o matéria publicada pelo jornal The Bali Sun.

Luhut Binsar Panjaitan, ministro coordenador de assuntos marítimos e investimentos, disse em um seminário online que a Indonésia impedirá visitantes internacionais de desembarcarem no país até dezembro deste ano.

“Queremos 70% dos turistas domésticos. O problema dos turistas estrangeiros é que não aceitaremos eles até o final do ano. Vamos primeiro consolidar essa informação”, disse Luhut em conversa com outras autoridades na última quinta-feira (13).

Apesar disso, ainda não houve declaração oficial do governo indonésio sobre o assunto. Governador de Bali, Wayan Koster tem pressionado Jacarta para suspender a proibição geral do turismo estrangeiro, já que a ilha basicamente depende da atividade.

Se a declaração de Luhut se confirmar, os planos de Bali e até de Mentawai para reabrir as portas aos turistas estrangeiros devem ser adiados.

Um dos pontos positivos da conversa é que Luhut concordou que os casos positivos de Covid-19 estão caindo em Bali e as atrações turísticas estão começando a receber visitantes novamente. “Estamos gratos porque, após duas semanas, o número de Covid-19 em Bali diminuiu”, afirmou o ministro.

Para o The Bali Sun, até que o presidente Joko Widodo anuncie um decreto oficial do governo, tudo o que os viajantes podem fazer é esperar e torcer para que Bali reabra as portas em setembro.