Recusar vacina dá prisão

Não tomar a vacina contra a Covid-19 pode render um ano de prisão e multa em Bali, na Indonésia, anuncia governo local.

0
Segundo ministro, sanções serão tomadas como último recurso, com o governo preferindo preparar a população de forma amistosa.Reprodução / I Wayan Yaika
Segundo ministro, sanções serão tomadas como último recurso, com o governo preferindo preparar a população de forma amistosa.

O governo de Bali, na Indonésia, anunciou que quem recusar a vacina contra a Covid-19 poderá ser sentenciado a um ano de prisão e multa de 100 milhões de rúpias indonésias, o equivalente aproximadamente R$ 38 mil. O anúncio foi feito no último sábado (9), pelo ministro Edward Hiariej.

“Haverá sanções para as pessoas que se recusarem a serem vacinadas, é responsabilidade nossa acabar com esta pandemia”, diz Hiariej durante transmissão no canal oficial do governo balinês no YouTube.

Anúncio é feito durante uma transmissão ao vivo em canal oficial do governo balinês no YouTube.Reprodução / I Wayan Yaika
Anúncio é feito durante uma transmissão ao vivo em canal oficial do governo balinês no YouTube.

O ministro, que também é professor de Direito Penal na Universidade de Gadjah Mada, afirma que providências criminais contra quem se opor à vacina estão respaldadas pela legislação implementada para o período de pandemia no país.

De acordo com a legislação, qualquer pessoa que colocar outros cidadãos em risco, obstruindo a quarentena, pode ser sentenciado a um ano de prisão e também a multa de 100 milhões de rúpias indonésias.

Providências criminais contra quem se opor à vacina estão respaldadas pela legislação implementada para o período de pandemia no país.Reprodução / I Wayan Yaika
Providências criminais contra quem se opor à vacina estão respaldadas pela legislação implementada para o período de pandemia no país.

“Como nós definimos a vacina obrigatória, a pena sempre vai ser aplicada aos desobedientes. Eles podem ser presos, multados, ou talvez ambos”, reitera o ministro. Contudo, segundo Hiariej, essas sanções serão tomadas como último recurso, com o governo preferindo preparar a população de uma forma amistosa.

Além da prisão, recusa pode gerar multa de aproximadamente 100 milhões de rúpias indonésias, o equivalente a aproximadamente R$ 38 mil.Reprodução / I Wayan Yaika
Além da prisão, recusa pode gerar multa de aproximadamente 100 milhões de rúpias indonésias, o equivalente a aproximadamente R$ 38 mil.

Fonte The Bali Sun