Brasil fora da prova

Confederação Brasileira de Surf anuncia desistência do ISA Games em Tahara, Japão.

0
ISA / Sean Evans
Equipe brasileira durante a última edição do ISA World Surfing Games, em Biarritz, França.

A equipe brasileira está fora do UR ISA World Surfing Games, evento que acontece entre os próximos dias 15 e 22 de setembro, em Tahara, Japão.

De acordo com a Confederação Brasileira de Surf, o motivo foi a dificuldade nos trâmites para a obtenção de vistos. “Vínhamos trabalhando arduamente nesse projeto nos últimos 45 dias, mas a demora para a obtenção dos vistos tornou ainda mais difícil a nossa missão. No fim das contas, foi impossível a compra das passagens, a viabilização do hotel, da alimentação e também do transporte no Japão”, explica Adalvo Argolo, presidente da entidade.

Ainda de acordo com a CBSurf, todos os atletas conseguiram visto para o Japão, mas a agência responsável por viabilizar as passagens para o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) só poderia emitir os bilhetes com conexão nos Estados Unidos, e parte da equipe não tinha visto norte-americano.

“Estamos frustrados com esta situação, principalmente depois de todo o esforço que empreendemos. Porém, a situação se tornou impossível de resolver”, finaliza o dirigente.

O time brasileiro teria Ian Gouveia, Marcos Corrêa e Geovane Ferreira na categoria masculina, enquanto Larissa dos Santos, Gilvanita Ferreira e Anne dos Santos seriam as representantes femininas.

Os atletas foram conhecidos depois da segunda etapa do CBSurf Pro Tour, disputada na praia de Maresias (SP), entre os últimos dias 10 e 12 de agosto.