Felipe Cesarano

Rusty corta patrocínio

Rusty encerra contrato de patrocínio com Felipe Cesarano depois de big rider provocar acidente com vítima fatal no Rio de Janeiro (RJ).

0
Felipe Cesarano fazia parte da equipe da Rusty há mais de dez anos.

O big rider carioca Felipe Cesarano, que há mais de dez anos era patrocinado pela Rusty, teve o contrato de patrocínio finalizado pela marca nesta terça-feira (22).

“Em reunião realizada, foi decidido que devido aos acontecimentos recentes, a Rusty está encerrando o contrato de patrocínio com Felipe Cesarano”, escreveu a empresa em nota oficial.

Na última quarta-feira (16), Gordo colidiu contra o carro do sargento da Marinha Diego Gomes da Silva, de 36 anos, no sentido Zona Sul da Autoestrada Lagoa-Barra, Rio de Janeiro (RJ). Diogo não resistiu aos ferimentos e faleceu. De acordo com as investigações da polícia, o surfista estava embriagado ao volante.

Cesarano chegou a ficar detido por um dia no presídio de Bangu, mas teve liberdade provisória concedida na quinta-feira (17) pelo Tribunal de Justiça do Rio. Ele vai responder por homicídio culposo de trânsito e está proibido de dirigir, bem como acessar e frequentar casas noturnas, bares e quaisquer locais onde sejam vendidas bebidas alcoólicas para consumo imediato.

O surfista também deve comparecer mensalmente ao Cartório da 23ª Vara Criminal da Comarca da Capital e está proibido de se ausentar do local onde mora por mais de 10 dias, sem prévia autorização judicial. O descumprimento de qualquer das medidas pode acarretar em prisão preventiva.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Rusty Brasil (@rusty.brasil)