Jonathan rasga no Forte

Potiguar Jonathan Santos manobra forte e chega perto da nota 10 neste sábado (24) no Cabo Frio Surf Pro.

0
Jonathan Santos amassa as direitas e bate todos os recordes da prova.

Jonathan Santos. Esse é o nome do surfista que bateu todos os recordes do Cabo Frio Surf Pro 2019, a terceira etapa do circuito estadual pro 2019 do Rio, válida também como a 12ª prova do ano no circuito nacional da Abrasp. O potiguar manobrou forte nas ondas de meio metrão que quebraram neste sábado na Praia do Forte, e também voou alto para marcar a maior nota do evento profissional (9.50) e o maior somatório (18.00).

Clique aqui para ver as fotos

Hoje rolaram todas as disputas da terceira fase e as duas primeiras das quartas de final da categoria Masculino Pro, além das semis da Feminino Pro e dos duelos da Adapt Surf. Jonathan competiu duas vezes neste sábado, e na primeira participação deu show de surfe.

“Felizão, amarradão pra caramba! Consegui achar duas ondas excelentes que me proporcionaram boas manobras e me fizeram passar a bateria. Não estava esperando tanto por essas ondas, pois achei que não tinha nada, mas graças a Deus deu tudo certo e agora vamos pra próxima. Realmente eu não estava esperando, mas estava muito confiante, bem seguro com minhas pranchas e consegui mandar boas manobras”, disse o potiguar.

Jonathan Santos também voa alto.

Outro que fez bonito no dia foi Léo Andrade. O baiano surfou no primeiro confronto deste sábado e eliminou o líder do ranking estadual do Rio, o saquaremense Raoni Monteiro. Na melhor apresentação, Leo arrancou 7.25 dos juízes. “O backside é meu forte, eu sempre treino muito, e graças a Deus consegui achar e amassar aquela esquerda. Depois fiquei sem encontrar nada, fiquei meio perdido no pico, mas deu tudo certo, consegui avançar, porém com um certo desconforto, mas vamos melhorar isso pra próxima fase e vamos pra cima”, disse Léo que está se especializando em eliminar líderes de rankings.

“Acabei eliminando um líder de novo. Na etapa passada, em Pontal do Ipiranga (Linhares-ES), acabei eliminando o então líder do campeonato brasileiro, o Arthur Silva, nessa mesma terceira fase. Agora venci mais um líder, mais um gigante, grande monstrão, o Raoni, que está de parabéns. Tenho o máximo respeito por ele. Agora vamos pra cima! A confiança está lá no alto e vamos trabalhar pra melhorar esse resultado”, finalizou o baiano que nas quartas enfrentou o recordista do evento, Jonathan, e venceu novamente, dessa vez marcando como melhor nota 7.50. Os dois se classificaram para as semifinais, assim como o paulista Wesley Leite e o capixaba Kalebe Kymmerson.

Léo Andrade está nas semifinais.

O cronograma do dia indicava que os homens só competiriam pela terceira fase, porém o mar se manteve com boas condições e as quartas foram iniciadas. Mas após duas baterias, o vento ganhou força e a direção de prova optou por paralisar a competição, deixando as duas últimas disputas da fase para o domingo.

Cabo Frio Surf Pro 2019 acontece na Praia do Forte.

Feminino Pro – Este sábado marcou também a estreia das meninas na categoria Feminino Pro. Todas as candidatas ao título avançaram, incluindo a atual campeã brasileira e atual líder do ranking, a ubatubense Camila Cassia, além da terceira e da quarta colocadas na lista atual das melhores, as saquaremenses Taís de Almeida (3ª) e Kayane Reis (4ª), e a vice-líder, a cearense radicada no Rio, Yanca Costa, autora do maior somatório (11.85) da categoria neste sábado.

“Estou muito feliz de ter conseguido passar a bateria. A prancha está no pé e eu amo Cabo Frio! Sempre que venho aqui as pessoas me recebem bem. Espero que amanhã eu consiga surfar bem, pegar ondas boas e que eu me classifique para a final”, disse a atual campeã estadual do Rio, Yanca Costa.

Yanca Costa é a atual campeã carioca.

Surf Adaptado – O Surf Adaptado tem lugar de destaque no Rio de Janeiro. Pela primeira vez no Brasil, um Circuito Estadual premia em dinheiro a categoria. São R$ 2.000 em prêmios.

O calçadão da Praia do Forte ficou cheio para ver os surfistas da categoria em ação. Os muitos aplausos não eram apenas para a força de vontade dos atletas, mas muito mais pela performance que deixava todos de queixo caído. Neste sábado aconteceram disputas na Adapt Open, Adapt Assist e Adapt Feminino.

Dois vice-campeões mundiais fizeram a final do Adapt Open. O catarinense Jonathan Borba mostrou seu alto nível de surfe e foi o campeão em Cabo Frio, deixando em segundo lugar Davi Teixeira, o Davizinho Radical, que também já fez muito bonito em etapas do mundial.

Davi Teixeira e Jonathan Borba após o término da final da Adapt Open.

Após sair da água vitorioso, Jonathan falou sobre o circuito estadual do Rio. “Todos nós do Surf Adaptado estávamos esperando por um circuito assim, esperando porque é importante para o crescimento da categoria. Tem bastante gente, já tem circuito mundial, então a gente precisa desse circuito no Brasil para mostramos nosso talento e a nossa força de vontade. Se Deus quiser vamos ter mais eventos assim”, disse o catarinense que também falou do público de Cabo frio.

“É alucinante estar competindo aqui em Cabo Frio. Estou muito feliz, o evento é muito irado, está todo mundo de parabéns, estou amarradão! Ver essa plateia é a melhor vibe que tem. É alucinante e motiva ainda mais o cara a pegar onda boa e fazer o melhor ali dentro d’água”, finalizou Jonathan.

Jonathan Santos soltou as manobras.

Na Adatp Assist quem levou a melhor foi Gabriel Paiva, surfista que na semifinal tirou duas notas 10 e que foi apelidado de GabSurf, pois comemorava como o Gabigol, o jogador de futebol do clube Flamengo. Na finalíssima Gabriel superou Davi Teixeira (2º), Valnei Costa (3º) e Jonas Licurgo (4º). Na Adapt Feminino deu Renata Glasner, que marcou uma nota 10 na final e superou Monique Oliveira.

Pódio da categoria Adapt Assist.

Próxima chamada – A próxima chamada para o Cabo Frio Surf Pro 2019 acontece neste domingo, às 8:15. O dia vai começar com as duas baterias restantes das quartas de finais masculinas (25 min de duração), seguidas pelas semifinais femininas (25 min) , semifinais masculinas (25 min), final feminina (30 min) e final masculina (30 min).

Clique aqui para assistir ao vivo.

Pódio da categoria Adapt Feminino.

Cabo Frio Surf Pro 2019 – Resultados deste sábado e próximas baterias

Masculino Pro

Round 3

1 Leo Andrade (BA) 10.65 x Yago Ramos (SC) 9.65 x Vitor Ferreira (RJ) 8.60 x Raoni Monteiro (RJ) 7.00
2 Jonathan Santos (RN) 18.00 x Kalebe Kymmerson (ES) 6.35 x Giuliano Arreyes (RJ) 5.85 x Guilherme Lopes (RJ) 4.35
3 Wesley Leite (SP) 8.20 x Odarci Nonato (SP) 7.20 x Davi Silva (BA) 6.45 x Kedian Zamora (RJ) 2.50
4 Arthur Silva (CE) 10.40 x Cauã Costa (RJ) 10.05 x José Eduardo (RJ) 10.00 x Tamae Bettero (SP) 5.45
5 Leonardo Neves (RJ) 11.00 x Alan Jhones (RN) 7.25 x Jannifer de Souza (CE) 6.60 x Yan Guimarães (RJ) 4.35
6 Matheus Faria (RJ) 9.20 x Igor Moares (SP) 9.00 x Luciano Brulher (SP) 8.90 x Hizunome Bettero (SP) 8.45
7 Heitor Alves (CE) 10.40 x Facundo Arreyes (RJ) 9.85 x Claudio Freitas (RJ) 7.45 x Lyssandro Leandro (ES) 7.10
8 Paulo Roberto (RJ) 10.50 x Leandro Bastos (RJ) 8.45 x Dunga Neto (CE) 8.30 x Amando Tenorio (AL) 7.95

Quartas de finais

1 Leo Andrade (BA) 11.90 x Jonathan Santos (RN) 10.50 x Odarci Nonato (SP) 6.85 x Cauã Costa (CE) 6.65
2 Wesley Leite (SP) 9.05 x Kalebe Kymmerson (ES) 8.25 x Yago Ramos (SC) 6.15 x Arthur Silva (CE) 5.85

Baterias que vão abrir o domingo

3 Leonardo Neves (RJ) x Matheus Faria (RJ) x Facundo Arreyes (RJ) x Leandro Bastos (RJ)
4 Alan Jhones (RN) x Igor Moares (SP) x Heitor Alves (CE) x Paulo Roberto (RJ)

Feminino Pro

Round 1

1 Camila Cassia (SP) 9.25 x Kayane Reis (RJ) 6.00 x Monika Takaki (RJ) 3.65
2 Taís de Almeida (RJ) 11.75 x Monik Santos (PE) 8.85 x Jessica Bianca (PR) 4.80
3 Yanca Costa (RJ) 11.85 x Karol Ribeiro (RJ) 11.40 x Victoria Ribeiro (RJ) 4.90 x Gabriela Teixeira (RJ) 4.85

Semifinais

1 Camila Cassia (SP) x Kayane Reis (RJ) x Monik Santos (PE)
2 Yanca Costa (RJ) x Karol Ribeiro (RJ) x Taís de Almeida (RJ)

Adapt Open

Final

Jonathan Borba 11.50 x Davi Teixeira 8.85 x Monique Oliveira 6.20 x Leonardo Oliveira 6.00

Semifinais

1 Leonardo Oliveira 8.00 x Davi Teixeira 3.50 x Julio Cesar 1.15
2 Jonathan Borba 6.75 x Monique Aparecida 5.70 x Andre Menezes 3.95

Adapt Assist

Final

Gabriel Paiva 13.50 x Davi Teixeira 12.00 x Valnei Costa 8.70 x Jonas Licurgo 8.15

Semifinais

1 Davi Teixeira 15.75 x Valnei Costa 11.50 x Gabriel Santos 8.10 x Bruno Costa 5.90
2 Gabriel Paiva 20.00 x Jonas Licurgo 17.25

Adapt Feminino

Final

Renata Glasner 16.50 x 10.15 Monique Oliveira