Championship Tour

Perna australiana revelada

WSL fecha o calendário da perna australiana do Circuito Mundial, com quatro eventos e três novidades.

0
North Narrabeen é um dos novos palcos do Championship Tour nesta temporada.

A WSL anunciou nesta segunda-feira (15) as datas e os locais dos quatro eventos da perna australiana do Championship Tour 2021.

Com a confirmação das saídas de Bells Beach e Snapper Rocks, a elite mundial terá três novidades nesta temporada, além do já tradicional evento em Margaret River: Newcastle, North Narrabeen e Rottnest Island.

A primeira parada será entre os dias 1º e 11 de abril em Merewether Beach, Newcastle. O campeonato já havia sido anunciado no começo de fevereiro pela World Surf League.

Depois, os Tops seguem no estado de New South Wales para outra novidade, a disputa em North Narrabeen, Sydney, de 16 a 26 de abril.

A WSL concentrará seus eventos na Austrália em New South Wales e Western Australia, estados que aprovaram a “bolha” e os protocolos de quarentena propostos pela entidade. Já Victoria e Queensland não conseguiram entrar em acordo com a Liga, o que explica as saídas de Snapper e Bells Beach do calendário em 2021.

Reserva natural do Oeste australiano, ilha de Rottnest recebe pela primeira vez uma etapa da elite mundial.Tourism WA
Reserva natural do Oeste australiano, ilha de Rottnest recebe pela primeira vez uma etapa da elite mundial.

Em seguida, no mês de maio, o CT desembarca no Oeste australiano para mais dois eventos: o Margaret River Pro, entre os dias 2 e 12, e o inédito Rottnest Search, em Rottnest Island, com janela de espera entre os dias 16 e 26.

Devido à pandemia de Covid-19, os eventos australianos de CT serão realizados com base no fechamento das fronteiras estaduais, seguindo estritamente as diretrizes e restrições dos governos locais.

A WSL entrou em acordo com o governo de New South Wales e fará com que todos os competidores internacionais embarquem em um voo fretado no mês de março, partindo de Los Angeles (EUA) com direção a Sydney.

Uma vez na Austrália, atletas e staff passarão por uma quarentena obrigatória de 14 dias em hotel determinado pelo governo. Após esse período, eles precisarão de autorização médica das autoridades de saúde antes de poderem treinar e se preparar para a competição em Newcastle. A WSL reforçou em nota oficial que o governo não está financiando esta quarentena.

“A WSL está realmente entusiasmada com o retorno do CT à Austrália em 2021, e com a adição de um evento extra”, diz Andrew Stark, gerente geral da WSL na região.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por World Surf League (@wsl)

“Este ano, devido à Covid-19, a perna australiana está muito diferente daquela que estamos acostumados. Embora seja genuinamente decepcionante perder locais como Bells Beach e Snapper Rocks, estamos muito felizes em adicionar Newcastle, North Narrabeen e Rottnest Island à programação”, acrescenta Stark.

Em nota oficial divulgada nesta segunda-feira, a WSL acrescenta que todas as paradas e datas estão sujeitas a alterações devido às restrições aplicáveis ​​relacionadas à Covid-19, incluindo as restrições de viagens internacionais.

“A WSL implementará um robusto e completo protocolo de saúde e segurança para cada evento durante a etapa australiana do CT, sempre de acordo com as orientações federais e estaduais em relação à Covid-19. Isso inclui medidas de distanciamento físico, verificações de temperatura, limpeza de alto toque aprimorada no local do evento, procedimentos de rastreamento de contato, estações de desinfetante em todo o local do evento e pessoal mínimo no local”, afirma a Liga.

O Championship Tour 2021 deu a largada no último mês de dezembro com as vitórias de John John Florence e Tyler Wright em Pipeline, Havaí. Depois disso, por causa da pandemia de Covid-19, a etapa de Sunset foi cancelada e a de Santa Cruz, na Califórnia, adiada por tempo indeterminado.