Triagem confirmada

Federação do Rio confirma triagem do Oi Rio Pro para quarta-feira, no Point de Itaúna, em Saquarema.

0
WSL / Poullenot
Itaúna recebe a triagem do Oi Rio Pro na quarta-feira.

A Federação de Surfe do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) confirmou a triagem do Oi Rio Pro para quarta-feira (19/6), no Point de Itaúna, em Saquarema (RJ).

Na última semana, as previsões apontavam um swell pesado e propício também para a Barrinha, mas a direção e o tamanho mudaram gradativamente nos últimos dias e agora apontam ondas em torno de 1 metro e séries pouco maiores apenas no período da tarde.

A primeira chamada está marcada para as 8:30h e a expectativa é de que a competição possa ser iniciada às 9h. A triagem para o Oi Rio Pro terá um total de oito atletas no masculino, começando pelas semifinais, enquanto cinco meninas disputam a categoria feminina.

Pela WSL South America, foram chamados o atual campeão sul-americano Wesley Santos e o ex-Top Alex Ribeiro, melhor brasileiro no ranking do QS depois de Jadson André, que já é integrante da elite mundial.

A ABRASP será representada pelo campeão do seu circuito em 2018, Krystian Kymerson, enquanto a CBSurf terá a presença do seu vice-campeão Bino Lopes, que herdou a vaga de Jadson, campeão no ano passado.

Pela FESERJ, competem Jerônimo Vargas – melhor carioca no Qualifying Series em 2018 – e João Chianca, campeão estadual na última temporada.

Já a Associação de Surf de Saquarema (A.S.S) terá Daniel Templar e Leo Neves, melhores colocados na triagem local.

Formato

O sorteio de baterias acontecerá 30 minutos antes da triagem e será no “cara-e-coroa” (moeda). Os atletas foram divididos em grupos. No grupo “cara” estão João Chianca, Daniel Templar, Wesley Santos e Krystian Kymerson. Já o “coroa” tem Jerônimo Vargas, Leo Neves, Alex Ribeiro e Bino Lopes.

“Jogamos a moeda para o alto, e se cair com a cara virada pra cima, entra João Chianca na primeira bateria. Se for coroa, entra o Jerônimo Vargas, e assim por diante. Definida a primeira bateria, a segunda está automaticamente definida”, conta Guilherme Aguiar.

No Feminino, foram chamadas a campeã estadual do Rio, Yanca Costa, a campeã brasileira da ABRASP, Camila Cássia, a campeã do CBSurf Pro Tour, Larissa dos Santos, a vencedora da triagem local, Taís de Almeida, e a melhor brasileira no QS feminino, Tainá Hinckel, convidada pela WSL South America.

Os vencedores da triagem nas categorias masculina e feminina completam a lista de baterias do Oi Rio Pro 2019.