Slater abre o coração

Kelly Slater desabafa sobre o caso Sunny Garcia. "Sunny é como um irmão para mim. Quando soube da notícia passei a noite chorando no chão, completamente chocado com o que aconteceu".

0
Kelly Slater é amigo de Sunny Garcia e padrinho da filha do ex-campeão mundial.

Em entrevista à rede australiana ABC, Kelly Slater falou sobre a sua relação com Sunny Garcia e o que vem sentindo desde que o havaiano foi hospitalizado no final de abril, quando foi encontrado inconsciente em sua casa no Oregon (EUA).

“Sunny é como um irmão para mim. Quando soube da notícia passei a noite chorando no chão, completamente chocado com o que aconteceu”, afirma Slater, que protagonizou grandes duelos com Garcia na década de 90 e hoje é até padrinho de sua filha mais velha, Kaila.

“Sempre ouvi estas histórias (sobre suicídio) e pensava: ‘por que as pessoas não conversam sobre isso?’ Porque, como humanos, nós temos interesse nestas histórias. Todos queríamos ouvir o que ele estava sentindo”, afirma Slater.

Além de Slater, outros ex-campeões mundiais como Mick Fanning, Mark Occhilupo e Joel Parkinson também escreveram mensagens de apoio ao havaiano nas redes sociais.

“Agora que isso aconteceu com alguém que considero um irmão, acho que é melhor ser a família a falar sobre isso. Sinto que há um problema de privacidade quando uma figura pública faz algo para tentar acabar com a própria vida”, diz Kelly sobre os boatos de que o havaiano havia morrido.

“A realidade é que o Sunny está vivo no hospital e já não está ligado às máquinas. Não sei dizer muito mais sobre o estado dele. Ele está respirando sozinho, mas não temos ideias do quão incapacitado ele possa estar. Vamos ter de esperar e ver como tudo vai evoluir. Em relação aos efeitos que isto teve em mim, ainda estou processando o que aconteceu”, finaliza o onze vezes campeão mundial.

Sunny continua hospitalizado e amigos próximos pedem a colaboração por meio de financiamento coletivo para ajudar a família a custear as despesas do hospital.

Criada pela amiga de longa data Janae Twisselman, a página no GoFundMe tem o objetivo de arrecadar US$ 150 mil e já conseguiu US$ 115 mil até o fechamento dessa reportagem. Nomes como Tom Carroll, Keala Kennelly, Bruce Irons, Neco Padaratz, Honolua Blomfield, dentre outros, aparecem na lista de doações.