Fernando Júnior é atração

Classificado para o Mundial Pro Junior da WSL, Fernando Júnior é um dos destaques na disputa do título paulista profissional em Ubatuba (SP).

0
Fernando Júnior é mais um destaque na disputa do título paulista de surfe profissional.

Classificado para o Mundial Pro Junior da WSL, o atleta de Maresias Fernando Júnior é mais um destaque na disputa do título paulista de surfe profissional no Surf Trip apresenta Onbongo Pro Contest, de sexta-feira a domingo (22 a 24), na Praia Grande, Ubatuba (SP).

Aos 18 anos, o surfista ‘adotado’ pela Família Medina desponta como um dos novos nomes da modalidade e sonha seguir os passos de seu ídolo Gabriel Medina.

Pronto para embarcar para Taiwan, onde disputa o principal torneio para surfistas com até 18 anos, ele que representar antes o seu patrocinador em Ubatuba. “É um campeonato muito importante para qualquer surfista brasileiro e para mim se torna ainda mais, por ser realizado pelo meu patrocinador, que há muito tempo me ajuda e confia no meu surfe”, diz o atleta, também agradecendo o apoio da Armarinhos Fernando.

“Sem eles, não estaria viajando para os campeonatos e sou muito grato a eles por estarem ajudando a conquistar os meus sonhos”, reforça Fernando, que há alguns anos mora na casa da família Medina e desde muito novo tem Charles Saldanha Rodrigues, padrasto e técnico de Gabriel Medina, também como seu mentor. Foi inclusive ele que o apelidou, quando pequeno, de Fernando John John, por sua semelhança com o surfista havaiano bicampeão mundial.

“Sem o Charles eu não seria ninguém hoje. Foi o cara que me incentivou desde o começo, me ajudou em tudo, me deu equipamentos da melhor qualidade. Charlão é um anjo que apareceu na minha vida e essa vaga para o Mundial eu devo muito a ele e à família Medina, por ser hoje a minha família. O Charles e a Simone (mãe de Gabriel) são como pai e mãe. Sou muito grato por ter eles”, ressalta o surfista.

Atleta tem o suporte da família Medina em Maresias.

Ele também fala da ótima relação com o “irmão mais velho” que ganhou ao viver com a família Medina. “Ele é meu ídolo, o melhor do mundo, é incrível e me incentiva toda vez que surfamos juntos. Sempre me dá toques, conversa. É um grande incentivo estar perto”, elogia, “mas em qualquer brincadeira com ele, tenho de ganhar, porque é bem competitivo em tudo e isso é bom”, revela.

Fernando Júnior, nome que adotou quando iniciou a sua carreira profissional, começou a surfar por incentivo de seu pai, ainda quando morava na Praia de Paúba, São Sebastião. “Aprendi com 11 anos de idade e no começo tinha apoio dos amigos Caio Costa e João Pedro e do pai deles, o Paulo Cesar Caveira. Foi o começo de tudo, gostava de surfar e peguei amor pelo esporte”, lembra.

Para chegar à vaga ao Mundial Pro Junior, Fernando chegou à final da última etapa, no Peru. “Meu foco era ganhar o campeonato, fui muito focado e, infelizmente foi por pouco, mas estou realizado em conseguir a vaga”, conta o competidor, que já planeja seu futuro. “Meu sonho é um dia estar na elite do surfe mundial e viver do esporte. Quero competir no QS, conseguir pontos para as etapas 10.000 e tentar a vaga para o Championship Tour”, completa.