Califórnia sessions

Guga Arruda exibe o melhor do seu final de ano nas ondas constantes de San Clemente, Califórnia (EUA).

0

Frequento a Califórnia desde moleque, a primeira vez foi em 1991 e desde então sempre voltei para competir ou passar um tempo em lugares como Lowers Trestles, San Clemente, a minha onda favorita nos EUA.

Lowers Trestles é uma direita longa e fácil e também possui uma esquerda mais curta e com mais força, que proporciona todo tipo de manobras radicais, especialmente os aéreos, sobre a bancada de pedras pequenas e redondas.

A cidade de San Clemente e região ainda tem bons beach breaks como o Pier, T-Street, Salt Creek, dentre outras. Sempre evoluí muito nas minhas passagens por lá e até hoje sigo evoluindo, tanto no surfe como no entendimento das pranchas e do mercado. A Califórnia sempre foi uma escola pra mim.

Esse ano fui no inicio do inverno, um pouco preocupado com o frio e com a ondulação que predomina de norte essa época, o que não beneficia Lowers, que quebra melhor de sul. Apesar de alguns dias de chuva no inicio, o clima se firmou com sol e um friozinho muito agradável, além de ventos moderados no quadrante norte, o que facilita os aéreos pra esquerda.

A ondulação, como esperado, predominou de norte e Lowers não ficou tão encaixado, mas Uppers logo ao lado se beneficia dessa direção assim como Midles e altas ondas com crowd moderado quebram por toda a região.

Na virada do ano tivemos aquele swell clássico de Réveillon, todos os points virados para o norte funcionaram, desde Rincon até San Diego, mas como Uppers estava muito bom e ainda encaixou uma esquerdinha curta, porém sem crowd, acabei ficando pela região que mais gosto.

No vídeo acima vocês podem ver direitas e esquerdas bem divertidas, porém a água fria é pra valer, nada que um bom long john 4×3, um par de botinhas e uma boa dose de força de vontade não resolva.