Quilha elétrica na área

Empresa lança quilha com motor elétrico para facilitar a session de surfistas iniciantes e intermediários.

0
Empresa lança quilha com motor elétrico que pode ser conectado a qualquer prancha de surfe.

A empresa Boost Surfing lançou uma quilha com motor elétrico que pode ser conectado a qualquer prancha de surfe, com o objetivo de maximizar o tempo gasto na onda. Foi calculado que o tempo real que um surfista usa para capturar ondas é 8% gasto na água – no restante está remando, esperando na fila pela chegada de uma onda ou deixando de pegá-la.

De acordo com os fabricantes do equipamento, esse motor triplicará o número de “ondas surfadas”, diminuirá o tempo de remada entre a praia e o outside, permitirá que os surfistas com uma forma física pior passem mais tempo na água e trará mais facilidade àqueles que têm pouca técnica para ficar de pé sobre a prancha.

Quilha elétrica Boost SurfingReprodução
A quilha pode atingir cerca de 20km/h.

O Boost Surfing é basicamente uma quilha com um motor embutido de 800w, que pode atingir uma velocidade de 11 nós (pouco mais de 20 km/h) com autonomia de cerca de duas horas e pesando apenas 800 gramas.

Sua instalação é semelhante à de qualquer quilha de surfe e é controlada por um aplicativo móvel, onde o surfista pode personalizar a potência de acordo com seu nível e necessidades. Uma vez instalado, o motor é operado por um botão que pode ser instalado na prancha ou no pulso do surfista. As pranchas compatíveis com este equipamento são todos os tipos de pranchas de surfe, incluindo longboards, soft ou SUP.

Fonte: As.com