Chloé nas quartas

Chloé Calmon é a única brasileira na briga pelo título da etapa de abertura do Mundial de Longboard em Noosa, Austrália.

0
Chloé Calmon avança às quartas do Noosa Longboard Open 2019.

Ainda com pequenas ondas na Austrália, o Noosa Longboard Open foi novamente transferido para outro pico, desta vez para Castaways, em Sunshine Beach. Em ondas de meio a 1 metro de face, foram definidos os integrantes das quartas de final das duas categorias.

Clique aqui para ver as fotos

Quatro brasileiros voltaram ao outside e apenas Chloé Calmon sobreviveu às batalhas, com Phil Rajzman, Rodrigo Sphaier e Atalanta Batista dando adeus à etapa de abertura do Mundial de Longboard.

Phil foi o primeiro a entrar em cena e caiu diante do sul-africano Steve Sawyer, atual campeão da WSL. A disputa foi equilibrada e o brasileiro levou a virada na última onda, com Sawyer obtendo 6.27 para bater o adversário por 11.27 a 10.00.

Com o placar ainda mais apertado, Rodrigo Sphaier foi eliminado pelo norte-americano Tony Silvagni na penúltima bateria das oitavas. Silvagni começou melhor e passou a liderar com 6.33 e 5.23. Sphaier esboçou reação e até descolou a melhor nota da bateria (6.43), mas sua última onda (4.67) não foi suficiente para a virada e o brasileiro perdeu precisando de 5.13.

Kirra Seale derrota campeã mundial e desafia Chloé na próxima fase.

No feminino, Atalanta Batista não se deu bem diante da australiana Emily Lethbridge e perdeu por 10.40 a 7.20 pontos.

Em seguida, Chloé Calmon manteve o Brasil vivo na prova ao derrotar a australiana Tully White pelo placar de 11.27 a 7.50.

Nas quartas, a brasileira desafia a havaiana Kirra Seale, que despachou a atual campeã mundial Soleil Errico.

O evento tem até o domingo (10) para ser finalizado. A norte-americana Soleil Errico e o sul-africano Steven Sawyer defendem o título do World Longboard Championship, que terá quatro etapas nesta temporada.

Depois de Noosa, a elite mundial dos pranchões desembarca em agosto na Galícia, Espanha, e também passa por Nova Iorque (EUA) em setembro. A temporada será encerrada novamente no Taiwan, em data ainda a ser definida.

Harrison Roach é um dos destaques do evento.

Cada evento do Longboard Tour distribuirá 6.000 pontos para os campeões no ranking e terá premiação de US$ 60 mil, divididos igualmente entre as categorias feminina e masculina.

Já a disputa final no Taiwan distribuirá 10.000 pontos no ranking e o dobro de premiação para cada categoria. Serão 24 mulheres e 24 homens convidados, compostos pelos oito melhores do ranking de 2018, os 12 melhores em 2019, além de quatro wildcards.

O Noosa Longboard Open é transmitido ao vivo pelo site da WSL. A próxima chamada acontece neste sábado (9), às 17 horas (de Brasília).

Quartas de final

Masculino

1 Nic Jones x Taylor Jensen (EUA)
2 Josh Constable (AUS) x Steve Sawyer (AFR)
3 Kaniela Stewart (HAV) x Harrison Roach (AUS)
4 Tony Silvagni (EUA) x Justin Quintal (EUA)

Feminino

1 Tory Gilkerson (EUA) x Emily Lethbridge (AUS)
2 Chloé Calmon (BRA) x Kirra Seale (HAV)
3 Rachael Tilly (EUA) x Minami Koyama (JAP)
4 Alice Lemoigne (FRA) x Honolua Blomfield (HAV)