Chloé larga na frente

Chloé Calmon e Justin Quintal vencem a etapa de abertura do Mundial de Longboard em Noosa, Austrália.

0
Chloé Calmon fatura o Noosa Longboard Open 2019.

A brasileira Chloé Calmon foi a grande campeã do Noosa Longboard Open, etapa de abertura do Circuito Mundial de Longboard finalizada em Castaways, Sunshine Beach, Austrália.

Clique aqui para ver as fotos

Em ondas de meio a 1 metro de face, Chloé superou a havaiana Honolua Blomfield na grande final feminina, enquanto o norte-americano Justin Quintal dominou a decisão masculina contra o sul-africano Steven Sawyer, atual campeão mundial.

“Estou muito feliz por ganhar este evento, mas estou mais feliz com a direção que o longboard está seguindo”, diz Calmon. “Com os novos eventos e o novo formato, o longboard está em uma posição muito boa. Há mais oportunidades para ganhar o título e ainda mais oportunidades para mais surfistas competirem, o que é muito legal. É um momento bem empolgante para se envolver. Isso é um choque para mim, eu realmente não esperava que isso acontecesse assim. Obviamente, meu objetivo era ganhar este evento, mas achei que, se fosse acontecer, seria em First Point (point break que recebeu as baterias na abertura do evento). Eu tenho treinado lá no pico e deixado o meu backside afiado, então vencer em esquerdas em um beach break não era o que eu tinha em mente”, finaliza a brasileira.

Chloé larga na frente na corrida pelo título mundial.

No último dia da etapa australiana, Chloé passou pela australiana Kirra Seale nas quartas (13.34 a 10.73) e bateu a norte-americana Tory Gilkerson nas semifinais por 14.67 a 12.83.

Na outra semi, Honolua Blomfield derrotou Rachael Tilly pelo placar de 14.50 a 10.30.

A final foi bem acirrada, com Chloé obtendo 6.33 e 7.33, contra 6.50 e 6.53 de Honolua, que perdeu precisando de 7.14.

Justin Quintal surpreende e vence a categoria masculina com apresentações de alto nível.

Entre os homens, o norte-americano Justin Quintal derrotou Steven Sawyer em uma batalha eletrizante que terminou com o placar de 16.37 a 16.10 pontos.

Quintal descolou 8.60 e 7.77 em suas duas melhores ondas, contra 7.77 e 8.33 do atual campeão mundial.

Nas semifinais, Sawyer eliminou o norte-americano Taylor Jensen (14.20 a 11.33) e Justin Quintal travou um duelo espetacular com o australiano Harrison Roach.

Justin levou a melhor com 8.90 e 9.03, dando-se ao luxo de descartar 7.03, 7.90 e 7.80.

Roach vendeu caro a derrota e somou 9.07 e 8.70, descartando 7.00, 7.50, 6.87 e 8.00.

Finalistas do Noosa Longboard Open.

A elite mundial dos pranchões desembarca em agosto na Galícia, Espanha, e também passa por Nova Iorque (EUA) em setembro. A temporada será encerrada novamente no Taiwan, em data ainda a ser definida.

Cada evento do Longboard Tour distribuirá 6.000 pontos para os campeões no ranking e terá premiação de US$ 60 mil, divididos igualmente entre as categorias feminina e masculina.

Já a disputa final no Taiwan distribuirá 10.000 pontos no ranking e o dobro de premiação para cada categoria. Serão 24 mulheres e 24 homens convidados, compostos pelos oito melhores do ranking de 2018, os 12 melhores em 2019, além de quatro wildcards.

Chloé celebra ao sair da água.

Resultados

Feminino

1 Chloé Calmon (BRA)
2 Honolua Blomfield (HAV)
3 Tory Gilkerson (EUA)
3 Rachael Tilly (EUA)

Masculino

1 Justin Quintal (EUA)
2 Steven Sawyer (AFR)
3 Harrison Roach (AUS)
3 Taylor Jensen (EUA)