Dobradinha brasileira em Newcastle

Alex Ribeiro vence Jadson André na final e faz a festa no QS 6.000 em Merewether Beach, Austrália.

0
Alex Ribeiro é carregado por Jadson para o topo do pódio em Newcastle.

Os brasileiros deram um show no Burton Automotive Pro, QS 6.000 encerrado neste domingo (17) em Merewether Beach, Newscastle, Austrália.

Clique aqui para ver as fotos

Ex-Top do CT, o paulista Alex Ribeiro derrotou o potiguar e integrante da elite mundial Jadson André por 15.57 a 13.77 na decisão e ficou com o título do evento.

“Me sinto muito bem. Foi um dia incrível, que acabou sendo coroado com uma decisão ao lado do meu amigo Jadson”, comenta Ribeiro, que apostou nos aéreos no dia decisivo, realizado em ondas pouco maiores de meio metro e boa formação.

Alex Ribeiro decola nas boas rampas de Merewether Beach.

“Tenho trabalhado duro e quero muito voltar ao Championship Tour. Esse resultado já é um excelente primeiro passo”, complementa o surfista local da Praia Grande, que assume a quarta posição no ranking do Qualifying Series com o resultado.

No caminho até a final, Alex passou pelo francês Charly Quivront e pelo australiano Matt Banting em baterias acirradas. Na decisão, ele teve a missão e barrar um motivado Jadson, que no mês de fevereiro havia conquistado o primeiro QS 6.000 da temporada, na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE).

O potiguar, que reestreia na elite mundial este ano, também foi o responsável pelas maiores notas do último dia do Burton Automotive Pro, chegando a cravar 9.33 na vitória sobre o aussie Jack Robinson na semifinal.

Campeão em Fernando de Noronha, Jadson André mantém liderança do Qualifying Series.

“Tentei focar na vitória a semana inteira, mas tive essa estranha sensação de que iria terminar em segundo”, revela Jadson.

“Mas estou muito feliz pelo Alex, é um grande surfista e merece voltar ao CT. Foi um grande evento e terminamos em boas ondas no dia decisivo. Agora é embarcar para Manly”, comenta Jadson, que lidera o ranking do QS e participa do Vissla Sydney Pro, também de status QS 6.000, a partir desta segunda-feira (18), em Manly.

Feminino No Feminino, a vitória do QS 6.000 ficou com a experiente australiana Sally Fitzgibbons. Top da elite mundial, ela conquistou o tricampeonato do evento ao bater a compatriota Isabela Nichols por 13.50 a 11.70 na decisão. A melhor brasileira na prova foi Tatiana Weston-Webb, 17ª colocada.

Sally Fitzgibbons conquista o tricampeonato do Newcastle Surfest.

Resultados

Masculino

1 Alex Ribeiro (BRA)
2 Jadson André (BRA)
3 Jack Robinson (AUS)
3 Matt Banting (AUS)
5 Miguel Tudela (PER)
5 Tanner Gudauskas (EUA)
5 Leo Fioravanti (ITA)
5 Charly Quivront (FRA)

Feminino

1 Sally Fitzgibbons (AUS)
2 Isabela Nichols (AUS)
3 Cannelle Bulard (FRA)
3 Zahli Kelly (AUS)

Ranking do Qualifying Series depois de 12 etapas

1 Jadson André (BRA) – 10.500 pontos
2 Jack Robinson (AUS) – 7.700
3 Matt Banting (AUS) – 6.800
4 Alex Ribeiro (BRA) – 6.650
5 Miguel Tudela (PER) – 5.380
6 Yago Dora (BRA) – 4.872
7 Cam Richards (EUA) – 4.690
8 Reo Inaba (JPN) – 4.670
9 Reef Heazlewood (AUS) – 4.485
10 Connor O´Leary (AUS) – 4.400
15 Italo Ferreira (BRA) – 3.550 pontos
19 Miguel Pupo (BRA) – 3.100
19 Krystian Kymerson (BRA) – 3.100
26 Gabriel Medina (BRA) – 2.650
39 Tomas Hermes (BRA) – 2.250