Etapa marcada em Maresias

Segunda etapa do Circuito Medina acontece nos dias 15 e 16 de setembro em Maresias, em São Sebastião (SP).

0
Circuito é a porta de entrada para o Instituto Gabriel Medina.

A segunda etapa do Circuito Medina de Surf, apresentado por Armarinhos Fernando, está confirmada para os dias 15 e 16 de setembro, novamente em frente à sede do Instituto Gabriel Medina (IGM), na praia de Maresias, em São Sebastião (SP). As inscrições abrem na próxima segunda-feira (13) e na primeira semana são exclusivas para atletas que disputaram a etapa inicial do campeonato.

Em ação as categorias Sub 15 Masculina e Feminina (nascidos de 2003 em diante), Sub 13 Masculina e Feminina (nascidos de 2005 em diante) e Sub 11 masculina (nascidos de 2007 em diante). Os campeões do Circuito garantem vagas ao IGM em 2019 e passam a contar com toda a estrutura que o projeto oferece como treinamentos específicos de surfe, preparação física, equipamentos, alimentação, aulas de inglês, suporte médico, odontológico, fisioterápico, psicológico, apneia, uniformes.

Para se inscrever, é preciso enviar e-mail para circuito@institutogm10.com.br, aos cuidados de Milena, informando nome, categoria, cidade, data de nascimento. O atleta ou responsável terá retorno da entidade para o pagamento da taxa e posterior confirmação da vaga. A inscrição é de R$ 100 e o depósito bancário deve ser feito para Banco Bradesco, agência 2965-3, cc 16000-8, em nome de Instituto Gabriel Medina – CNPJ 23.686.783/0001-04.

Na etapa inicial, foi marcada pelo alto nível técnico dos jovens talentos do surfe. Das cinco vitórias, quatro foram “caseiras”, sendo três de atletas do IGM, com Sophia Medina e Guilherme Fernandes na Sub 13 e Murillo Coura na Sub 11. Entre os mais velhos, o primeiro lugar ficou com Isabela Saldanha, que também mora em Maresias, e Diego Aguiar, de Ubatuba. Vale ressaltar que Sophia (que também foi a segunda na Sub 15), Isabela e Diego garantiram vagas para o ISA World Junior Surfing Championship, no final de outubro, na Califórnia.

O evento também contou com outras duas grandes atrações, sem valer disputas. A Bateria Onda Azul Wizard Litoral Norte chamou a atenção, ao reunir surfistas com autismo e muitos voluntários para ajudarem no surfe, numa importante ação de integração social. Já na areia, houve o trabalho de conscientização ambiental, com o Instituto Supereco realizando uma grande “faxina”, para recolher resíduos sólidos, além de promover uma “aula” sobre a importância da preservação do meio ambiente.

“O Circuito Medina é a porta de entrada para o IGM. A etapa inicial mostrou um nível muito forte e estamos selecionando os melhores atletas para participar do nosso projeto. Com certeza, teremos um novo evento de alto nível técnico”, comenta o diretor do IGM, Márcio Yagui. “Nossos atletas estão garantindo resultados importantes no Paulista, no Brasileiro, mostrando que o caminho está sendo bem trilhado”, complementa.