Sócrates e Maira levam a melhor

Sócrates Santana e Maira Viana vencem o Itacoatiara Pro Série Brasil em Itacoatiara (RJ).

0
Itacoatiara Pro Série Brasil 2018, Niterói (RJ)Tony D'Andrea / Itacoatiara Pro
Sócrates Santana é o campeão da categoria Profissional em Itacoatiara.

O carioca Sócrates Santana e a capixaba Maira Viana são os grandes campeões do Itacoatiara Pro Série Brasil, segunda etapa do Circuito Brasileiro de Bodyboarding. Encerradas nesse sábado, em Niterói, as finais das categorias profissionais foram emocionantes, levantando o público que compareceu em peso a Praia de Itacoatiara em um lindo sábado de sol.

Para comemorar seu primeiro título nacional como profissional, Sócrates Santana precisou vencer quatro baterias ao longo do dia, incluindo a decisão contra o catarinense Eder Luciano. Em uma final com muitas viradas, coube a Sócrates achar as duas melhores nos minutos finais para garantir o primeiro lugar do Itacoatiara Pro Série Brasil com 13,00 contra 11,74 de Eder.

“É uma sensação indescritível vencer meu primeiro campeonato nacional como profissional, ainda mais em uma final contra o Eder, que é um dos meus ídolos e referência. Estou muito motivado para os próximos desafios e a minha vitória mostra que a nova geração chegou com tudo”, comentou Sócrates, logo após a final.

Vice-campeão, Eder Luciano parabenizou o adversário ao final da competição, fez questão de ressaltar o merecimento da vitória de Sócrates e falou sobre a busca pelo bicampeonato brasileiro. “Estou bem satisfeito com o meu resultado no campeonato e com tudo que fiz nessas três etapas do mundial e uma do brasileiro. O Sócrates merece muito essa vitória, ele dá um duro danado. A nova geração chegou, além dele temos David Barbosa e João Paulo no pódio. Agora é voltar para a casa e focar na etapa da Austrália do Tour Mundial e depois na briga pelo bicampeonato brasileiro”, comentou Eder.

Itacoatiara Pro Série Brasil 2018, Niterói (RJ)Tony D'Andrea / Itacoatiara Pro
Maira Viana leva a melhor entre as mulheres.

Conforme Eder mencionou a nova geração chegou firme na segunda etapa do Circuito Brasileiro de Bodyboarding colocando três dos quatro atletas no pódio. O carioca David Barbosa e o cearense João Paulo terminaram o Itacoatiara Pro Série Brasil na terceira posição.

Assim como Sócrates, quem teve muitos motivos para comemorar foi Maira Viana, campeã na Profissional Feminino, após bater a pentacampeã mundial Neymara Carvalho em uma verdadeira batalha na grande final. Com 12,10 pontos contra 11,57 de Neymara, Maira pôde comemorar a primeira vitória na temporada do Circuito Brasileiro de Bodyboarding.

“Eu vim focada para vencer esse campeonato. Eu cometi erros bobos em Balneário Camboriú (local da primeira etapa) e eles me custaram a final. Aqui eu sabia que precisava entrar focada, pois a Neymara compete muito e tem uma estrela enorme, então não tem como dar bobeira. Meu foco esse ano é lutar pelo meu primeiro título brasileiro”, avalia Maira Viana, que fez questão de frisar o bom trabalho físico e de base que fez com seu namorado Leonardo Costa antes da etapa.

Itacoatiara Pro Série Brasil 2018, Niterói (RJ)Tony D'Andrea / Itacoatiara Pro
Sócrates Santana comemora a vitória.

Vice-campeã em Balneário Camboriú e em Itacoatiara, Neymara segue firme na luta pelo seu décimo título brasileiro. “O bodyboard ainda é minha paixão e eu me sinto motivada para seguir brigando por títulos. O objetivo desse ano é tentar o decacampeonato brasileiro e eu vou em busca disso”, ressaltou.

A carioca Paola Simão e a pernambucana Kirtys Montenegro fecharam a etapa na terceira posição ao perderem na semifinais.

O último check-in do Itacoatiara Pro acontece nesse domingo, às 7:30 horas, para as categorias Open Masculino, Open Feminino, Master e Sub-18 Masculino.

Profissional Masculino – Final

Sócrates Santana (RJ) 13,00 x 11,74 Eder Luciano (SC)

Profissional Feminino – Final

Neymara Carvalho (ES) 11,57 x 12,10 Maira Viana (ES)

Profissional Masculino – Semifinais

1 – David Barbosa (RJ) 11,00 x 13,50 Sócrates Santana (RJ)
2 – João Paulo (CE) 10,16 x 11,20 Eder Luciano (SC)

Profissional Feminino – Semifinais

1 – Neymara Carvalho (ES) 14,67 x 9,06 Kirtys Montenegro (PE)
2 – Paola Simão (RJ) 11,00 x 13,00 Maira Viana (ES)

Profissional Masculino – Quartas

1 – Israel Salas (ES) 11,00 x 12,67 David Barbosa (RJ)
2 – Sócrates Santana (RJ) 10,60 x 10,24 Bruno Invick (RJ)
3 – Uri Valadão (BA) 10,67 x 10,70 João Paulo (CE)
4 – Eder Luciano (SC) 13,66 x 10,76 Lucas Nogueira (ES)

Profissional Masculino – Oitavas

1 – Israel Salas (ES) 12,67 x 12,00 Tiburcio Neto (AL)
2 – Gabriel Braga (BA) 13,17 x 8,50 David Barbosa (RJ)
3 – Sócrates Santana (RJ) 11,17 x 9,66 Guilherme Mesquita (PB)
4 – Marcos Boeno (PR) 9,73 x 11,17 Bruno Invick (RJ)
5 – Uri Valadão (BA) 11,50 x 9,33 Isaias Ravyc (CE)
6 – Felipe Lima (RJ) 10,60 x 11,33 João Paulo (CE)
7 – Eder Luciano (SC) 12,50 x 10,67 Mack Crilley (HAV)
8 – Lucas Nogueira (ES) 14,66 x 10,83 Israel Eduardo (RJ)

Master – Round 1

1 – Romulo Ornelas (BA) 11,44 x Rodrigo Correa (RJ) 9,83 x Marcelo Miranda (ES) 9,77
2 – Marcel Romero (RJ) 10,93 x Alex Rangel (RJ) 10,43 x Andre Paiva (RJ) 8,90 x Leander Carvalho (CE) 7,87
3 – Eduardo Cebola (RJ) 9,43 x Ronaldo Figueiredo (SC) 8,50 x Tony D´ Andrea (RJ) 7,33 x Celio Batista (RJ) 0,00
4 – Marcos Maciel (SC) 9,67 x Claudio Porto (RJ) 6,83 x Fabio Simonin (RJ) 4,33

Master – Semifinais

1 – Romulo Ornelas (BA) x Alex Rangel (RJ) x Eduardo Cebola (RJ) x Claudio Porto (RJ)
2 – Marcel Romero (RJ) x Rodrigo Correa (RJ) x Ronaldo Figueiredo (SC) x Marcos Maciel (SC)