Andrea estabelece o recorde

Andrea Moller crava o recorde de maior onda da história já surfada por uma mulher na remada. Confira todos os vencedores da 19ª edição do Big Wave Awards.

0
Andrea Moller é premiada pela WSL durante cerimônia de gala em Redondo Beach.

A brasileira Andrea Moller é a nova recordista mundial do Guinness Book com a maior onda da história já surfada por uma mulher na remada.

Clique aqui para ver as fotos

O feito foi confirmado na noite da última quinta-feira (2) no Big Wave Awards, cerimônia realizada em Redondo Beach, Los Angeles (EUA), e que premiou os melhores surfistas de ondas grandes dos últimos 12 meses.

“Eu não esperava. Me lembro dessa onda como se fosse ontem”, afirma Moller, que no 16 de janeiro de 2016 dropou uma bomba de 42 pés (14 metros) em Jaws, Maui, Havaí, e teve o inédito recorde reconhecido pela WSL.

Radicada no Havaí há muitos anos, Moller desce a ladeira vencedora em Jaws.

“Foi dos maiores dias em que já remei até o outside. Foi mágico. Cheguei lá e não sabia o que poderia acontecer. Quero agradecer à WSL por promover a igualdade entre homens e mulheres, eles estão inspirando atletas de todo o mundo, não só surfistas”, declara a big rider local de Ilhabela (SP), mas radicada no Havaí há muitos anos.

Também foram premiados big riders em outras sete categorias: Onda do Ano, Maior Onda Masculino, Maior Onda Feminino, Maior Onda na Remada, Vaca do Ano, Melhor Performance Masculino e Melhor Performance Feminino.

Como de costume, a categoria que ofereceu a maior premiação foi a Onda do Ano (Ride of the Year), na qual o vencedor levou para casa a bolada de US$ 65 mil e o videomaker responsável pelo vídeo embolsou US$ 12 mil.

Tricampeão mundial do Big Wave Tour, Grant Baker fatura categorias Onda do Ano e Maior Onda na Remada.

A vitória foi para o sul-africano Grant “Twiggy” Baker, atual campeão mundial do Big Wave Tour e que surfou uma bomba em Jaws no dia 26 de novembro de 2018. De quebra, com a mesma onda, ele ainda faturou o prêmio de Maior Onda na Remada.

Outros destaques foram o havaiano Kai Lenny e a francesa Justine Dupont, que faturaram as categorias Maior Onda e Melhor Performance.

“Isso significa o mundo para mim. Era meu objetivo há muito tempo. Gostaria de agradecer à minha família, minha namorada Molly e minha equipe, que me permite sentir confiante e arriscar tudo nos maiores dias. Também queria parabenizar a todos os indicados aqui, assim como os guardiões da equipe de resgate, fotógrafos e videomakers”, afirma Lenny.

“Parece um grande sonho. Estou mais nervosa aqui no palco do que naquele dia em Nazaré (risos)”, complementa Dupont. “Estou muito orgulhosa do que fizemos nesse inverno e gostaria de agradecer a todos que me fizeram puxar os limites”, finaliza a big rider francesa.

Vencedores do Big Wave Awards 2018 /2019

Melhor Performance Masculino Kai Lenny (HAV)
Melhor Performance Feminino
Justine Dupont (FRA)
Onda do Ano Grant Baker (AFR) em Jaws, Maui, Havaí, 26 de novembro.
Maior Onda Masculino Kai Lenny (HAV) em Jaws, Maui, Havaí, 26 de novembro de 2018.
Maior Onda Feminino Justine Dupont (FRA) em Nazaré, Portugal, 18 de novembro de 2018.
Maior Onda na Remada Grant Baker (AFR) em Jaws, Maui, Havaí, 26 de novembro de 2018.
Recorde Mundial de Maior Onda na Remada Feminino Andrea Moller (BRA) em Jaws, Maui, Havaí, 16 de janeiro de 2016.
Vaca do ano Makua Rothman (HAV) em Cloudbreak, Fiji, 22 de maio de 2018.

Vídeos das ondas premiadas: