Derek Rabelo encara Teahupoo

Cego e destemido, Derek Rabelo encara as bombas de Teahupoo, Taiti, pela primeira vez.

0

View this post on Instagram

Believing in yourself is one of the most powerful virtues you can have. Surfing Teahupo’o was a dream, but as a blind surfer it posted a huge challenge, one I was determined to overcome. Challenges make us stronger and you will never fail if you keep trying. Faith always above fear. 📷 @lemosimages Thanks to the amazing team that make dreams come true: @lemosimages @kleberpires_hawaii @polikromia @madelinerabelo @canaloff @evoke @tahuraihenry And of course Thierry for putting me on this wave. Mauruuru!! —— Acreditar em nós mesmos é uma das maiores virtudes, pra surfar essa onda requer muita coragem e a um desafio muito grande pra quem é cego. Desafios nos fazem mais fortes. Minha fé em Deus sempre será maior do que meus medos. . . . . . #nevergiveup #believeinyourself #surf #blindsurfer #documentary #teahupoo #thankyoulord #godbless @kellyslater @thomasvictorcarroll @tim_bonython @raimanaworld @surfline @stab @magicseaweed @surfer_magazine @surfersjournal @cjhobgood_ @serenaguidedog

A post shared by Derek Rabelo (@derekrabeloofficial) on

O brasileiro Derek Rabelo, que dropa algumas das ondas mais cascudas do mundo mesmo sem enxergar, encarou a temida bancada de Teahupoo, Taiti, pela primeira vez.

Derek teve a companhia do fotógrafo Bruno Lemos e o suporte do local Tahurai Henry para descer as ondas perigosas do pico.

“Acreditar em nós mesmos é uma das maiores virtudes. Surfar essa onda requer muita coragem e é um desafio ainda maior para quem é cego”, conta Derek após a sessão.

“Desafios nos fazem mais fortes. Minha fé em Deus sempre será maior do que meus medos”, complementa o surfista capixaba.