Em busca da evolução

Talento do Sul do País, Kiany Hyakutake, 15, batalha para levantar recursos para sua primeira viagem internacional.

0
Kiany acaba de fazer final no Hang Loose Surf Attack em Ubatuba.

Local do Campeche, Florianópolis (SC), a catarinense Kiany Hyakutake, 15 anos, já é figura carimbada nos pódios dos principais eventos das categorias de base do surfe brasileiro.

Nesta semana, a atleta disputou a final da categoria Feminina Sub 16 do Hang Loose Surf Attack, em Itamambuca, Ubatuba (SP), terminando o campeonato na quarta colocação.

Bicampeã catarinense amadora, vice-campeã brasileira Sub 16 pela Abrasp, dentre diversas outras conquistas, Kiany desponta como uma das principais promessas do surfe feminino no País.

Mas a atleta sabe que para seguir em alto nível na carreira de profissional também é preciso treinar em ondas de qualidade. Por isso, em 2021 ela planeja desembarcar em Bali, Indonésia, para a sua primeira experiência em águas internacionais.

Sem patrocínio principal, Kiany promoveu uma rifa para ajudar nos custos da viagem. Cada rifa custa R$ 20. Para participar, é preciso depositar este valor na Caixa Econômica Federal | conta poupança: 00034842-2 | agência 1078; em nome de Alfredo Jun Hyakutake (pai da atleta) – CPF: 107.380.398-88.

O dia do sorteio será revelado no perfil @kiany_hyakutake no Instagram.

Entre os prêmios da rifa estão um foguete 5’5” zerado da SRS, cedido pelo conceituado shaper Rodrigo Silva; hospedagem de uma semana no Costão do Santinho; hospedagem de um final de semana no sul da Ilha de Florianópolis, além de kit com acessórios e valor em dinheiro (saiba mais abaixo).

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Kiany Hyakutake 🇧🇷 (@kiany_hyakutake)