Yanca chega embalada

Líder do ranking, Yanca Costa traça meta para conquistar o título brasileiro na última etapa do CBSurf Pro Tour.

0
Yanca Costa faz os cálculos para levantar o caneco do CBSurf Pro Tour 2020.Juliano Cersossimo / @juliano.photo
Yanca Costa faz os cálculos para levantar o caneco do CBSurf Pro Tour 2020.

Única atleta que chegou nas finais das duas etapas já realizadas, a cearense radicada no Rio de Janeiro, Yanca Costa, descarta o “rótulo” de favorita ao título brasileiro no Tablas apresenta CBSurf Pro Tour 2020, na Praia de Vilas do Atlântico, em Lauro de Freitas, na Bahia.

A terceira e última etapa do circuito da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) conhecerá a nova campeã nesta sexta-feira (18) e a líder do ranking já tem um plano traçado.

“Quero competir essa etapa como se fosse a primeira e o objetivo é ir para a final”, diz a surfista de 21 anos, segunda colocada na abertura do Circuito, em São Paulo, e terceira no Ceará. No ranking, ela soma 1.590 pontos, com a também cearense Ariane Gomes, vitoriosa na disputa anterior, na vice-liderança, com 1.380. Em terceiro, aparece a carioca Julia Duarte, bicampeã brasileira júnior, com 1.225, e colada, a experiente Tais de Almeida, também do Rio de Janeiro, com 1.220.

Se chegar à final, como é seu objetivo, Yanca já elimina três das quatro rivais diretas. Nesse caso, só perde o título se ficar em terceiro ou quarto e Ariane vencer. Mas a conquista pode ser comemorada antes mesmo da finalíssima, dependendo dos resultados das adversárias na etapa. “Estou bem tranquila. Só quero ir sem pressão. Estou tentando não pensar no título e sim no trabalho que tenho de fazer e ficar na frente das minhas adversárias”, ressalta a líder.

A etapa será realizada em dois dias, nesta sexta-feira e na segunda-feira (21), evitando o final de semana, para que não ocorram aglomerações na praia, como medida de segurança definida pela Prefeitura de Lauro de Freitas, pela pandemia de Covid-19. As disputas terão transmissão ao vivo pela internet.

Neste primeiro dia, as disputas femininas estarão intercaladas com a masculina, categoria que abre o evento, às 7:30 horas. A final feminina está marcada para às 16:10. Na segunda-feira, o campeonato também começa 7:30, com a final dos homens às 14:50. Atletas de 12 estados participam da terceira e última etapa do Circuito, que terá R$ 80 mil de premiação, igualmente dividida entre as categorias masculina e feminina, com os campeões levando R$ 12 mil cada um.

Vale destacar que a organização do evento cumprirá medidas de prevenção, com um protocolo de segurança, para os surfistas, técnicos, acompanhantes e membros do staff técnico, que determina o uso de máscaras e o distanciamento social nas áreas próximas ao palanque.