Invernada no Píer

Terral bate forte e transforma o gelado Píer de Atlântida (RS) em um mar clássico.

0

O Píer de Atlântida quebrou do jeito na tarde da última quarta-feira (8) com a passagem de um ciclone extratropical pelo litoral do Rio Grande do Sul.

A sessão foi marcada por sol, frio, vento terral e pouca gente na água. O responsável por clicar a galeria acima foi o fotógrafo Juninho Castro.

“Não existe mar ruim que um bom terral não converta em clássico. Quem olhou o mar de manhã, nunca iria dizer que estaria assim na parte da tarde”, conta Castro.

Quem também esteve na água e pegou sua cota de tubos foi o cearense e ex-Top da elite mundial, Michael Rodrigues.

Para saber mais sobre o trabalho de Juninho Castro, siga o perfil @producoes_jc no Instagram.