Taylor Watling

O surfista da bananeira

Conheça Taylor Watling, canadense que prefere surfar de cabeça pra baixo.

0

View this post on Instagram

A post shared by A movement (@handstandsurfer)

Enquanto a maioria dos surfistas treinam para desenvolver rasgadas e batidas, outros têm uma abordagem diferente ao esporte. Este é o caso de Taylor Watling, canadense que prefere surfar de pernas para o ar. Sim, Taylor desenvolveu a habilidade de surfar fazendo paradas de mão.

Antes de ser surfista, o canadense era snowboarder profissional. Chegou a treinar para participar dos Jogos Olímpicos de inverno representando seu país no half pipe. Um belo dia, achou aquilo muito arriscado e sem sentido. Largou tudo e saiu viajando pelo mundo. Pelo caminho conheceu o yoga. Na prática, apaixonou-se pelas paradas de mão e começou a treiná-las constantemente.

“Por quatro anos eu fazia paradas de mão todos os dias, e então comecei a fazê-las em skates quando ainda morava em Toronto”, diz Taylor em entrevista para o site The Inertia. Há quatro anos, um dia arriscou uma parada de mão em um longboard em Punta Zicatela, México. “Eu não estava filmando nem nada, mas alguém na praia por acaso tirou uma foto da primeira parada de mão que eu fiz”, conta Taylor sobre a foto abaixo.

E desde então, o canadense passou a treinar a manobra. Hoje, vive em Puerto Escondido, México, onde toca seu hostel. Quando não está trabalhando, está na água surfando e treinando a manobra inusitada. Afinal, seus objetivos são ousados.

Apesar de não ter certeza se já conseguiu entubar fazendo uma parada de mão, Taylor está focado na missão. E não quer um tubo qualquer. Ele quer um cilindro pesado de Puerto Escondido, naqueles dias grandes. Assistindo aos vídeos de sua página, não dá pra duvidar.

Fonte The Inertia