Ubatuba proíbe foil

Depois de acidente, Associação Ubatuba de Surf (AUS) proíbe temporariamente a prática do foil nas ondas da cidade.

0
Choque entre surfista e praticante de foil causa polêmica em Ubatuba.

Na última quarta-feira (3), o vídeo de um acidente envolvendo um praticante de foil e um surfista circulou pelas redes sociais e gerou debate em Ubatuba (SP).

Ao tomar conhecimento das imagens, a Associação Ubatuba de Surf (AUS) decidiu proibir temporariamente a prática da modalidade nas ondas do município.

De acordo com a entidade, o equipamento de foil estava sendo puxado por uma lancha bem próxima à área onde estavam os surfistas, inclusive crianças.

Com o caso ainda em investigação, a AUS afirma que os responsáveis não são moradores de Ubatuba e terão que arcar com eventuais danos causados ao surfista, que por pouco não se feriu gravemente.

“A Associação Ubatuba de Surf resolveu deliberar, até segunda ordem, a proibição da prática de foil surf e foil SUP nas praias de Ubatuba, buscando assim preservar mais uma vez a integridade física dos praticantes de surfe”, diz o comunicado.

“Estamos em um processo de flexibilização do surfe e pedimos responsabilidade e a ajuda da comunidade local para que as pessoas voltem a surfar dentro dos dias autorizados e com segurança”, prossegue a entidade.

A Associação ainda esclarece que vai estudar medidas para retomar a prática segura do  foil às ondas da cidade.

“A deliberação de retorno a esta atividade carecerá de análise minuciosa e regras seguras para a prática do esporte, através da criação de uma comissão para dar sugestões e diretrizes”, finaliza a AUS.