Rio e Salvador fecham orlas

Prefeituras do Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA) fecham acesso às orlas para evitar aglomerações na noite do Réveillon.

0
Ideia é que apenas moradores dos bairros possam ir às areias das praias e circular pelos bairros no Rio de Janeiro.

Para evitar aglomerações e conter o avanço do coronavírus, as prefeituras do Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA) decidiram fechar as orlas de suas praias na noite do Réveillon.

No Rio, serão instaladas barreiras de fiscalização nos limites do município para não permitir acesso de ônibus, micro-ônibus e vans de fretamento à cidade.

As medidas começam a valer no primeiro minuto do dia 31 de dezembro e vão até às 6 horas do dia 1º de janeiro. A ideia é que apenas moradores dos bairros possam ir às areias das praias e circular pelos bairros.

“Temos que buscar, acima de tudo, a preservação da vida e da saúde. Ninguém desconhece a gravidade da Covid-19. Exige dos homens públicos medidas austeras e, com certeza, vamos encontrar, por parte da população, a solidariedade, o empenho e a responsabilidade necessários para que possamos evitar o aumento do contágio na cidade”, diz o prefeito em exercício Jorge Felippe.

Já em Salvador, as restrições começam no dia 31 de dezembro. A orla da Barra fica interditada a partir das 17 horas, com o acesso permitido apenas a moradores. No dia 1º, as praias seguem fechadas.

“Por enquanto, (a interdição) é a partir das 17h e eu vou ficar torcendo, rezando para que não haja, que não exista maiores problemas, mas vocês sabem, as pessoas que nos acompanha sabem que é impossível a gente fiscalizar 64 km, porque a virada de ano acontece ao mesmo tempo em todos os lugares”, explicou o prefeito ACM Neto.

Fonte CNN Brasil