Protestos em São Sebastião

Galera de Juquehy simula covas na areia em protesto ao 'megaferiado' na capital paulista.

0
Divulgação / Prefeitura de São Sebastião
Moradores também colocam cruzes na areia e escrevem mensagens como ‘fique em casa’.

A Praia de Juquehy, em São Sebastião (SP), amanheceu com cruzes na faixa de areia na última quarta-feira (20) em protesto contra turistas que devem aproveitar o ‘megaferiado’ na capital paulista para viajar ao município do litoral norte do estado.

No protesto, os moradores simularam covas, colocaram cruzes na areia e escreveram mensagens como ‘fique em casa’. Na terça (19), manifestantes já haviam incendiado pneus na Rio-Santos. A rodovia ficou interditada por cerca de 2h30 no trecho de Juquehy.

O ‘megaferiado’ foi adotado pelo governo estadual e da capital como tentativa de frear a disseminação do coronavírus e aumentar o isolamento social. Mas moradores do litoral norte alegam que isso fará o movimento de turistas explodir na região.

Os feriados antecipados foram de Corpus Christi (11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro). Com a aprovação da lei de antecipação, neste ano eles serão nesta quarta (20) e quinta-feira (21). A sexta-feira (22) será ponto facultativo na capital paulista.

Por volta de 15 horas de quarta-feira (20), a prefeitura de São Sebastião também fechou  entradas de acesso às praias de Camburi, Maresias e outras do município.

View this post on Instagram

Fechamento das nossas praias para evitar a aglomeração e circulação excessiva de pessoas neste mega feriado. #saosebastiao #saoseba

A post shared by Prefeitura de São Sebastião (@prefsaoseba) on

View this post on Instagram

Hoje a praia de Juquehy amanheceu assim, cada cruz é uma forma de protesto com a esperança de afastar turistas da praia e homenagear as vidas perdidas no nosso país. O momento não é de férias, e sim isolamento, #fiqueemcasa. (📷: Dalio da Silva)

A post shared by Prefeitura de São Sebastião (@prefsaoseba) on