Homenagem ao ídolo

Associação de Surf de Saquarema prepara homenagem a Leo Neves no dia que marca um ano da morte do surfista.

0
A homenagem ao Leo Neves acontece no dia que marca um ano após sua morte.

A próxima terça-feira (24) marca um ano sem o ídolo Leo Neves, que sofreu um mal súbito enquanto surfava na praia de Itaúna, em Saquarema, e se afogou. Uma cerimônia será realizada na sede da Associação de Surf de Saquarema, às 10:00, e logo após será feita uma homenagem dentro d’água. “Traga sua prancha, vamos fazer o maior círculo de surfistas já visto e vamos celebrar a importância que Léo Neves tem para o surfe e em nossos corações”, diz a nota da ASS.

Leo Neves faturou o SuperSurf por dois anos consecutivos no auge do circuito, em 2002 e 2003. Seus primeiros contatos com o surfe vieram cedo, aos 6 anos, e aos 10 ele já iniciava a sua vitoriosa carreira de competidor.

Radicado em Saquarema desde os 18 anos, o carioca rodou o mundo e disputou o Qualifying Series por 15 anos, garantindo seu nome na elite mundial, o Championship Tour, por duas temporadas.

Antes de participar do Tour em 2007 e 2008, Leo foi convidado para cinco edições da etapa brasileira da elite mundial (2000, 2001, 2002, 2003 e 2006). Seus melhores resultados foram em Imbituba (SC), já como Top, nos anos de 2007 e 2008, ficando com o quinto lugar por dois anos consecutivos.

Devido ao seu porte físico e por ser uma pessoa de poucas palavras, mas de muita atitude na água – especialmente em condições pesadas -, Leo era temido pelos adversários. Mas as aparências enganavam. Os amigos e competidores mais próximos sempre classificaram Leo como uma pessoa tranquila e de bom coração.

Nos últimos anos, Leo vinha se dedicando à carreira de treinador de surfe para surfistas de média e alta performance, de crianças e amadores a surfistas profissionais.