Guerra na Ucrânia

Perigo nas praias minadas

Possibilidade de um ataque por mar faz das praias da Ucrânia uma zona de risco e um campo minado.

0
Praias da Ucrânia estão minadas.

O big rider alemão Sebastien Steudtner tem sido bastante eloquente em relação à invasão da Rússia à Ucrânia, e tem usado as suas redes sociais para falar em defesa do povo ucraniano, partilhando informação útil e links para doações.

Há duas semanas, chegou a ceder a sua conta de instagram ao presidente da Federação Ucraniana de Surf, Vasily Kordysh, para que o mesmo pudesse fazer um relato em primeira mão daquilo que está acontecendo em seu país.

Nesta semana, o surfista recorreu novamente ao instagram para partilhar uma outra conversa com Kordysh.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Sebastian Steudtner (@sebastiansurfs)

Na publicação, o alemão explica que os dois conversaram sobre as ondas na costa ucraniana, e sobre o fato de que, neste momento, o surfe ser uma impossibilidade, pois a presença nas praias é muito perigosa e proibida pelo exército.

Kordysh explica que foram colocadas minas sob a areia, para o caso de haver algum ataque por mar. A localização exata das minas é mantida em segredo, de modo que civis não podem se aproximar da praia. “Quando a guerra acabar, vão remover as minas”.

“Tempos loucos exigem medidas radicais”, diz Kordysh. “Quase todos os dias a nossa defesa abate drones que espiam a nossa costa. Eles ainda planejam atacar”. Para evidenciar o perigo, Kordysh conta que um homem passou perto de uma praia num carro, fazendo com que uma mina detonasse. O homem está hospitalizado, e a mulher que ia com ele não sobreviveu”.

Steudtner escreve: “Depois de falar com o Vasily, sinto-me muito grato por poder surfar sem nenhuma preocupação”. E ele termina a publicação apelando para que ajudem a Ucrânia.

Fonte Surf Total