#SurfistaEmCasa

Campanha pela vida

Hashtag criada pelos médicos do Surf Injury Data pede a colaboração dos surfistas no combate à Covid-19.

0
Como surfistas, também precisamos ser solidários com este grande problema que o País enfrenta.

Esta semana, completamos um ano da pandemia do coronavírus no Brasil. Diferente do que esperávamos, o País retrocedeu às fases vermelha e roxa, demonstrando picos expressivos de mortes por contas da doença.

Lockdown, todos de volta às suas casas, isolamento social. Ao mesmo tempo em que somos orientados à respeitar a quarentena, temos a chance de acompanhar nossos atletas confinados na Austrália antes do reinício do Circuito Mundial.

Para quem não sabe, todos que chegam à Austrália, por orientação do governo, devem ficar 15 dias isolados, sem sair de seus quartos de hotel. Eles são monitorados pelo órgão público de saúde e, após esse período, se nenhum sintoma da doença aparecer, ocorre a liberação para circulação normal dentro do país.

Italo, Gabriel, Miguel, Jadson, Adriano, Caio e todos os outros surfistas já estão na metade do isolamento. Pelas redes sociais, eles compartilham conosco suas rotinas, demonstrando resiliência e determinação que as condições exigem.

E, se eles são sempre fruto de motivações para nosso surfe, nossos treinos diários, melhora na performance, por que não serem motivação também para passarmos por este momento tão delicado?

Como médico, posso afirmar, o Brasil precisa do isolamento social. Por mais difícil que seja encarar essa restrição, precisamos ser fortes, solidários e responsáveis com este grande problema que estamos enfrentando.

Por isso, estamos lançando um desafio: #surfistaemcasa. A ideia é que nos próximos dias, assim como os grandes atletas, compartilhemos nossa quarentena. Home office, treinos em casa, estudos, refeições, sonho com as ondas que virão…. Ou seja, como você está encarando esse momento.

Desta forma, nos conectaremos e nossa rede de apoio crescerá cada vez mais! É um excelente momento para mostrarmos nosso apoio aos atletas e ao Brasil.

Compartilhe sua rotina do Instagram, marque a hashtag #surfistaemcasa e o perfil @surfinjurydata, nós iremos compartilhar e mostrar pra todos o quanto estamos dispostos a colaborar. E de quebra mandaremos boas vibes para os nossos atletas que estão lá na Austrália.

Participe para o seu bem e para o bem de todos.

Dr. Marcelo Baboghluian é diretor clínico do Instituto Marazul, especialista em medicina esportiva e diretor clínico do aplicativo Surf Injury Data.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por SID – Surf Injury Data (@surfinjurydata)