Cação em estado crítico

Mestre da fotografia de surfe, Alberto Sodré, o Cação, é hospitalizado em estado grave no Vale do Paraíba (SP).

0
Alberto Sodré (à dir.) testa inovadora caixa-estanque nos anos 1980.

O mundo do surfe acordou nesta segunda-feira (18) com a triste notícia de que o fotógrafo Alberto Sodré, o Cação, foi hospitalizado em estado grave devido ao estouro de um grampo de uma cirurgia bariátrica feita há mais de dez anos.

A informação foi compartilhada pelo jornalista Reinado Andraus, o “Dragão”, nas redes sociais. “O fotógrafo Beto Cação, um dos maiores ases da fotografia aquática de nosso esporte, precisa da nossa oração, pois está hospitalizado”, relata Andraus.

Em 2003, nos primórdios do Waves. Força, Cação!

“A situação é grave. De Ubatuba, onde morava atualmente, foi levado para um hospital do Vale do Paraíba. Alberto precisa muito de nossa oração”, diz Dragão.

Um dos grandes nomes da fotografia de surfe no Brasil, Cação foi um dos primeiros colaboradores da revista Fluir e do site Waves. Ele também trabalhou em diversas publicações de surfe e foi correspondente de revistas internacionais no Japão, EUA e Europa.

Nos últimos anos, ele atuou com criações e produções de fotos, vídeos e ações culturais e publicitárias focadas em meio ambiente, esportes náuticos, motovelocidade e automobilismo.

“Que Alberto Sodré sobreviva com a nossa corrente de oração, pois a sua criatividade artística ainda tem muito a oferecer ao mundo das fotografias e filmes de surfe”, finaliza Dragão.