Erupção assusta moradores

Erupção do vulcão Sinabung provoca nuvem gigante de cinzas na Ilha de Sumatra, Indonésia.

0
Reprodução / EPA
Vulcão Sinabung é um dos mais ativos de Sumatra, Indonésia.

O vulcão Sinabung voltou a assustar os moradores da Ilha de Sumatra, na Indonésia, nesta segunda-feira (10). Na sua segunda erupção desde sábado (8), o vulcão gerou uma nuvem gigante de cinzas que chegou a 5 quilômetros de altura.

Segundo relatos e registros em vídeos de moradores, a dia virou noite por causa da erupção.

O fenômeno natural aconteceu ainda pela manhã no horário local. Por volta do meio-dia, a nuvem gigante originada no pico de 2.460 metros do vulcão escondeu a luz solar e deu aspecto de noite à ilha, tornando a erupção ainda mais assustadora. Isso porque moradores relataram um forte barulho no início do fenômeno.

“O som foi como um trovão, durou menos de 30 segundos”, disse o morador Fachrur Rozi Pasi à agência de notícias Reuters.

O barulho causou apreensão pelo risco de o vulcão expelir lava e poder causar destruição na ilha. No entanto, não foram relatados incidentes por causa da erupção, e um porta-voz da autoridade de aviação civil local disse que os voos continuam operando na região.

Segundo a agência de vulcanologia indonésia, os moradores foram orientados e permanecerem distantes do vulcão num raio de 3 quilômetros. Além disso, foi recomendado o uso de máscaras para minimizar os efeitos das cinzas do vulcão.

“A situação ao redor do Monte Sinabung está muito escura agora”, afirmou Gilbert Sembiring, que estava visitando um amigo no momento da erupção. “(O fenômeno) foi maior do que a erupção a poucos dias”, relatou Sembiring.

Quando a nuvem começou a se dissipar, os moradores tiveram trabalho para limpar os efeitos das cinzas, que ficaram depositadas em todas as superfícies, cobrindo carros e plantações.

O vulcão Sinabung esteve inativo por séculos até 2010, quando voltou a registrar uma erupção na Indonésia, que é um dos países com maior atividade vulcânica do mundo.

Fonte UOL