Noronha deixa o calendário

Tradicional etapa do Qualifying Series, Hang Loose Pro Contest em Fernando de Noronha (PE) é mais um evento cancelado por causa da Covid-19.

0
Última edição do Hang Loose Pro Contest aconteceu em fevereiro de 2020.

A pandemia de Covid-19 segue causando estragos no surfe competitivo e no Brasil não é diferente. Etapa mais tradicional do Qualifying Series do País, o Hang Loose Pro Contest não será realizado em 2021 por conta dos problemas gerados pelo novo coronavírus.

Em 2020, o campeonato voltou mais uma vez à Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE), para a sua 36ª edição. A disputa reuniu surfistas de 18 países e foi vencida pelo marroquino Ramzi Boukhiam. Também de nível 5.000 do QS, o evento de 2021 estava programado para acontecer entre os dias 9 e 14 de fevereiro.

No entanto, em meio às incertezas causadas pela pandemia, os organizadores decidiram cancelar a prova nesta temporada. O Hang Loose Pro Contest 2021 já seria disputado de acordo com o novo formato do Qualifying Series, valendo pontos apenas para o ranking regional da WSL Latin America.

“As expectativas de realizar o evento eram as melhores possíveis, mas devido a pandemia optamos por cancelar. As dificuldades foram agravadas pela distância do arquipélago, com acesso somente por avião e hospital com limitações”, explica Alfio Lagnado, criador da Hang Loose e do tradicional evento. 

Marroquino Ramzi Boukhiam é o atual campeão da prova.

Nem mesmo o arquipélago de Fernando de Noronha escapou do surto do novo coronavírus. O primeiro caso no local foi registrado no final de março de 2020, pouco mais de um mês depois da realização do Hang Loose Pro Contest. No mês de abril, com uma alta incidência de novos casos, o Governo de Pernambuco decretou lockdown em toda a ilha e conseguiu zerar os casos depois de uma quarentena obrigatória entre os cerca de 3 mil moradores locais.

Mas, no final de 2020, Noronha voltou registrar um aumento significativo de novos casos de Covid-19. No total, o arquipélago acumula 338 registros do novo coronavírus, divididos em 257 locais e 81 casos importados (pessoas de fora do arquipélago). Nenhuma morte foi contabilizada até agora.

“Estamos passando por um momento único da humanidade e todos estamos aprendendo a lidar com um novo inimigo. Mesmo bem estruturada, a WSL está tendo que lidar com muitas dificuldades. Apesar de conseguirem um protocolo eficiente na água e no palanque, a aglomeração de público na areia complica a situação”, completa Alfio.

Com o cancelamento do Hang Loose Pro Contest, o Brasil conta com apenas dois eventos programados no calendário oficial da WSL. O Pena Little Monster (Junior Tour Latin America), de 9 a 11 de abril na Praia da Taíba (CE), e a etapa do Championship Tour, entre os dias 11 e 20 de junho, em Saquarema (RJ).

Idealizador do evento, Alfio Lagnado fala sobre o cancelamento do Hang Loose Pro Contest 2021.

Highlights da final de 2020:

Galeria de campeões do Hang Loose Pro Contest

2020 – Ramzi Boukhiam (MAR) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2019 – Jadson André (RN) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2017 – Deivid Silva (SP) – Praia de Maresias, São Sebastião (SP)
2016 – Kanoa Igarashi (EUA) – Praia da Joaquina, Florianópolis (SC)
2012 – Miguel Pupo (SP) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2011 – Alejo Muniz (SC) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2010 – C. J. Hobgood (EUA) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2009 – Bruno Santos (RJ) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2009 – Kelly Slater (EUA) – Hang Loose Santa Catarina Pro CT em Imbituba (SC)
2008 – Raoni Monteiro (RJ) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2008 – Bede Durbidge (AUS) – Hang Loose Santa Catarina Pro CT em Imbituba (SC)
2007 – Aritz Aranburu (ESP) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2007 – Mick Fanning (AUS) – Hang Loose Santa Catarina Pro CT em Imbituba (SC)
2006 – Jean da Silva (SC) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2005 – Bobby Martinez (EUA) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2004 – Warwick Wright (AFR) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2003 – Neco Padaratz (SC) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2002 – Victor Ribas (RJ) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2001 – Fábio Silva (CE) – Cacimba e finais no Abras, Fernando de Noronha (PE)
2000 – Guilherme Herdy (RJ) – Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)
2000 – Crhistiano Spirro (BA) – Praia de Maresias, São Sebastião (SP)
1999 – Richard Lovett (AUS) – Baía de Maracaípe, Ipojuca (PE)
1999 – Peterson Rosa (PR) – Praia de Maresias, São Sebastião (SP)
1998 – Armando Daltro (BA) – Gaibú, Cabo de Santo Agostinho (PE)
1997 – Marcelo Nunes (RN) – Baía de Maracaípe, Ipojuca (PE)
1996 – Fábio Silva (CE) – Baía de Maracaípe, Ipojuca (PE)
1995 – Peterson Rosa (PR) – Praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)
1994 – Matt Hoy (AUS) – Praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)
1993 – Joey Jenkins (EUA) – Praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)
1992 – Nicky Wood (AUS) – Praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)
1991 – Nicky Wood (AUS) – Praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)
1990 – Fábio Gouveia (PB) – Praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)
1989 – Glen Winton (AUS) – Praia da Joaquina, Florianópolis (SC)
1988 – Tom Carroll (AUS) – Praia da Joaquina, Florianópolis (SC)
1987 – Tom Carroll (AUS) – Praia da Joaquina, Florianópolis (SC)
1986 – Dave Macaulay (AUS) – Praia da Joaquina, Florianópolis (SC)

Em 2019, o Hang Loose Pro Contest voltou às ondas da Cacimba do Padre depois de sete anos longe de Fernando de Noronha (PE).

Leia mais

Noronha em quarentena

Turismo segue proibido

Noronha zera casos

ICMbio libera pico

Turismo volta a Noronha