Surf Adaptado é destaque

Mike Richard é o primeiro campeão do Macaé Surf Pro, etapa do circuito profissional do Rio, válida também para o circuito nacional da Abrasp.

0
Mike Richard é campeão neste sábado em Macaé.

Número um entre os adaptados, o campeão Mike Richard, 37, local do Guarujá, começou a surfar com 8 anos de idade. Após um acidente de motocicleta em 2004, Mike continuou a praticar o esporte mesmo com uma lesão de plexo braquial.

“Estou feliz de voltar a competir novamente, de sentir a adrenalina… Tem altas ondas e foi irado poder competir no Adapt, é um prazer enorme voltar as competições, e como o surf sempre foi tudo na minha vida quero continuar surfando pra sempre”, disse Mike, que também participa entre os profissionais.

O dia de abertura do Macaé Surf Pro começou com a primeira fase da categoria Feminina Profissional. A campeã brasileira, Camila Cassia, estreou com vitória. Essa primeira fase foi marcada pela boa performance das atletas da nova geração Julia Duarte e Mariana Areno.

Camila Cassia estreia com vitória.

Em seguida entraram na água os atletas do surfe adaptado. Foi um dia de boas direitas, com meio metro em média na laje da Praia do Pecado. Sol e praia cheia, com o público aproveitando as muitas atrações organizadas pela Associação de Surf de Macaé (ASM).

A iniciativa de incluir o Surf Adaptado foi da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado do Rio de Janeiro, através do programa RJ Inclusão, que valoriza o paraesporte. Foi a primeira vez que aconteceu uma disputa de surfe adaptado junto com uma etapa do Circuito Estadual de Surf Profissional.

Pódio da da categoria AdaptSurf.

Fechando o dia de competição aconteceram as sete primeiras das doze baterias previstas na primeira fase do surfe Masculino Profissional. A competição começa nesse domingo, 28 de julho, às 07:40, com a oitava bateria. Na água o ubatubense (SP) Wesley Leite, o pernambucano Douglas Silva, o macaense João Castano e o local de São João da Barra, Rodolfo Queiroz.

O Macaé Surf Pro faz parte das comemorações dos 206 anos da cidade de Macaé, localizada no litoral norte do estado do Rio de Janeiro.

O Macaé Surf Pro conta com patrocínio do Governo do Estado do Rio, através da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude – SEELJE. A etapa vai distribuir mais de R$ 40.000,00 em premiações, além de dar 3.000 pontos no ranking da Abrasp para os homens e 1.500 para as mulheres.

O Macaé Surf Pro 2019 é uma realização da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro – FESERJ, em parceria com a Associação Brasileira de Surf Profissional – ABRASP, com patrocínio do Governo do Estado do Rio através da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude – SEELJE.

Apoio da South & Co, Viver Bem, e Tattoo Academy Br.

Apoio de mídia do WAVES e do SURFLAND (SBT).

Apoio institucional da Prefeitura de Macaé através da Secretaria de Esportes e da Associação de Surf de Macaé (ASM).

Resultado da categoria AdaptSurf

1 Mike Richard
2 Jonathan Borba
3 Leandro Oliveira
4 Júlio Cesar