Lusitanos caçam prêmio

Quinta edição do prêmio EDP Mar Sem Fim reconhece os big riders portugueses que mais se destacaram ao longo da última temporada.

0
Ricardo Bravo
Ilha de São Miguel é um dos cenários de ondas grandes em Portugal.

A quinta edição do prêmio EDP Mar Sem Fim reconhece os surfistas portugueses que mais se destacaram ao longo da última temporada de ondas grandes.

As categorias em jogo são Onda da Temporada, Maior Vaca, (remada ou tow-in), Melhor Tubo (remada ou tow-in), Maior Onda (tow-in), Maior Onda (remada), Rookie e Girl.

Além disso, o prêmio Irmandade será oferecido ao melhor piloto de jet-ski, que tem um papel fundamental na segurança e ajuda aos big riders. Será premiado o piloto português que mais se arriscou no resgate ou no apoio ao surfista de ondas grandes.

As submissões devem ser enviadas até o dia 14 de outubro e o corpo de jurados será composto pela brasileira Maya Gabeira, recordista mundial de ondas grandes, além do big rider franco-brasileiro Eric Rebiere, João Valente, Miguel Ruivo e Miguel Pedreira.

As ondas podem ser submetidas em formato vídeo ou sequência fotográfica (mínimo 5 fotos) e devem ter sido surfadas entre 1 de setembro de 2018 e 1 de maio de 2019. A competição é exclusiva a surfistas portugueses e serão aceitas ondas surfadas em território lusitano ou estrangeiro.

Os finalistas serão anunciados no dia 23 de outubro e a festa de premiação rola no dia 30 de outubro no anfiteatro sede da EDP, em Lisboa, numa grande celebração do surfe português.