Atitude em Itacoatiara

Local de Itacoatiara, em Niterói (RJ), Daniel Rodrigues surfa uma bomba durante o último swell no litoral fluminense.

0

Na segunda semana de julho, um swell com ondulação de sul chegou com força no litoral fluminense, gerando ondas superiores a 3 metros de altura. As condições eram ideais para o big surf e Itacoatiara foi o palco de um show.

No primeiro dia do swell (15), o forte vento atrapalhou muito a formação das ondas, dificultando a prática do esporte, porém, como a expectativa era grande, diversos ídolos do esporte, como o campeão mundial da WSL, Italo Ferreira, estiveram na praia de Niterói.

No dia 16, segundo dia do swell, o vento acertou e as condições ficaram perfeitas para a prática do tow in, e o surfista Daniel Rodrigues, em parceria com o piloto Péricles Lifeguard, dois locais da região, fez uma sessão de mais de três horas em ondas enormes, buscando a maior onda do ano.

“Avistamos a série e sabíamos que essa seria a maior onda do dia. Como estávamos concentrados, esperando, assim que ela chegou, Péricles me puxou no tow in e dropei a onda. Foi necessária muita concentração para fazer uma boa leitura da onda. Foi uma direita e uma esquerda, mas, como a direita era mais cavada, apostei nela e fui na direção do tubo. Na hora que vi aquele salão, com um tubo muito largo, os segundos congelaram e ficou aquele silêncio. Logo em seguida fui esmagado pela onda. No momento, tive aquela sensação adrenalina com uma paz… é muita força da natureza envolvida”, disse Daniel Rodrigues.

A onda é especulada entre muitos locais como a maior onda surfada este ano em Itacoatiara e uma das maiores no país. Toda uma estrutura foi armada para dar suporte ao surfista. Guido Serafini ficou responsável pelo monitoramento das ondas e comunicação por rádio com Péricles, enquanto o fotografo Aporé de Paula fez os registros da onda.