Hang Loose Surf Attack

Fotos do segundo dia

Confira galeria completa do segundo dia do Hang Loose Surf Attack, na Praia do Tombo, em Guarujá (SP).

0

Os ubatubenses Diego Aguiar (Sub 18) e Gabriel Klaussner (Sub 16) e a praiagrandense Kemily Sampaio (PG) foram os primeiros campeões estaduais 2021 do Hang Loose Surf Attack na Praia do Tombo, em Guarujá, na última sexta-feira (3).

Clique aqui para ler a reportagem completa

Confira a galeria completa do segundo dia do Hang Loose Surf Attack, evento que reúne os maiores talentos da nova geração nacional na Praia do Tombo, no Guarujá (SP).

Cronograma 

Atletas de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Paraná e Bahia estão a postos para a segunda e decisiva etapa do Hang Loose Surf Attack 2021. Com início nesta quinta-feira (2) na Praia do Tombo, Guarujá (SP), o evento se estende até o dia 5.

O campeonato, que conta com a organização da Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf), define não só os vencedores da segunda etapa, como também os campeões estaduais nas categorias de base.

O cronograma da etapa já está disponível no site da instituição, assim como as baterias já estão definidas. O evento ocorrerá seguindo todas as medidas de proteção ao Covid-19.

Os primeiros confrontos serão entre os atletas das categorias Sub 16 e Sub 18, com previsão de início às 8h da manhã e término às 16h30. A previsão de ondas oficial do Waves indica ondas na casa de 1 metro para esta edição, com boa formação.

O evento será transmitido ao vivo com comentários pela primeira vez de uma mulher, a santista Kaylane de Souza, líder do ranking feminino estadual de Clubes no Longboard. Ela estará ao lado de Michael Cardoso, Allan César, Edinho Leite e do lendário surfista Taiu Bueno na transmissão.

View this post on Instagram

A post shared by Hang Loose (@hangloose_brasil)

“Trabalhamos muito para chegar neste momento e dar um encerramento à altura deste que é o principal evento do Brasil, quando se trata de categorias de base. Eu desejo toda sorte aos quase 300 atletas que vão correr o evento e um muito obrigado a todos os empresários que acreditaram neste circuito. A nova geração do surfe agradece”, diz Zé Paulo, presidente da Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf).

O evento chega em sua 33ª edição, com um investimento de até 50 mil em prêmios, o maior já oferecido em toda sua história, além de duas motos Mobyou zeradas, oferecidas aos campeões do circuito nas categorias Sub 18, masculino e feminino. “Um evento como esse representa muito para os atletas da categoria de base. É a chance de mostrarem o talento e ganharem visibilidade e reconhecimento. É nessa turma que investimos e queremos ver representando o Brasil lá fora”, afirma Ricardo Benetti, um dos sócios da Mobyou, empresa de mobilidade elétrica.

O circuito de 2021 contou apenas com duas etapas devido à pandemia do Covid-19. A primeira etapa aconteceu na Praia de Camburi, São Sebastião (SP). Os ubatubenses Didi Aguiar (Sub 18), Rayan Kainalo (Sub 16), Pedro Henrique (Sub 14) foram campeões de suas respectivas categorias masculinas, assim como o paranaense Anuar Chiah venceu a Sub 12. O prêmio de melhor aéreo também foi para Ubatuba, com Lucas Lisboa.

Na categoria feminina as vitoriosas foram Naire Marquez (Sub 18) de Ubatuba, Luara Mandelli (Sub 16) do Paraná, Aysha Ratto (Sub 14) do Rio de Janeiro e Carol Bastides (Sub 12) da Praia Grande. O prêmio de melhor onda feminina, foi para a praiagrandense Kemily Sampaio.

O Hang Loose Surf Attack 2021 tem o patrocínio da Mobyou Mobilidade Elétrica. Apoios Sim sucos, Remax, Água Cristal Litoral, Sun Tech Grip Sistem, Special Boards, Manga Wax, Visual Boards, Keahana Blanks, Sal na Veia, Waves Now, + Brasil Supermercados, Delab Design, Hotel Cajueiro, Pousada Canto do Forte. Colaboração: Prefeitura Municipal do Guarujá, por meio da Secretaria de Esportes e Associação de Surf do Guarujá.